contratar agencia de marketing

Contratar uma agência de marketing ou investir em uma equipe interna?

Na hora de começar uma campanha de marketing digital, as empresas podem optar por contratar agência quanto investir em uma equipe interna têm seus prós e contras.

A pesquisa Panorama das Agências Digitais, realizada pela Rock Content em parceria com a Resultados Digitais, revelou que mais de 92% dos respondentes prestava serviços de marketing digital.

Isso significa que há uma grande quantidade de empresas que oferecem ações cada vez mais procuradas por negócios de diferentes setores. Ainda assim, há quem prefira contar com uma equipe interna, que se dedique totalmente às demandas internas da empresa.

Com isso, muitos empreendedores se perguntam se é melhor contratar uma agência de marketing ou investir em uma equipe interna. Para essa dúvida, não há uma resposta definitiva levando em conta que cada situação é diferente da outra e a melhor opção vai variar de acordo com vários fatores.

Contratar uma agência de marketing digital ou investir em uma equipe interna: o que considerar?

Links patrocinados, marketing de conteúdo, redes sociais, inbound marketing e muito mais. Há diversas opções disponíveis para quem quer se promover pela internet, e empreendedores que não conhecem o meio podem ter dificuldade em saber por onde começar. Assim, para aqueles que preferem contar com uma equipe interna, antes de tudo, é preciso saber se a empresa reúne condições para contratar um bom time, ou se é melhor delegar a estratégia.

Nessa hora, há quem pense em contratar um único funcionário para cuidar de tudo. Entretanto, cada canal envolve uma rotina distinta, e requer conhecimentos particulares. Por exemplo: enquanto os links patrocinados exigem conhecimento de medidas para tornar a campanha o mais rentável possível, como escolher as palavras-chave e as correspondências mais adeuadas, o marketing de conteúdo exige fortes habilidades textuais. Salvas poucas exceções de profissionais que tem capacidade de atuar em estratégias diferentes, o ideal é contar com um mix de profissionais cujas aptidões se complementem, o que melhora a qualidade das entregas e impulsiona os resultados.

Por último, mas não menos importante, é preciso levar em conta quais são os recursos que a empresa poderá investir. Quantos funcionários poderiam ser contratados? Eles teriam tempo e recursos suficientes para administrar contas nas redes sociais? Criar campanhas no Google AdWords? Escrever posts para blogs? Mensurar resultados e encontrar oportunidades de melhora? Não são apenas salários que entram na conta: é preciso considerar os custos de contratação, treinamento e atualização, já que o marketing digital se renova constantemente.

Equipe interna pode ser vantajosa no longo prazo

Empresas grandes e/ou com grandes orçamentos para investir em marketing digital  costumam investir em formar uma equipe interna. Elas contam com profissionais de especialidades distintas, para cuidar de cada área da comunicação: um designer para artes, um profissional de AdWords para links patrocinados, um jornalista para se responsabilizar pelo conteúdo, etc. Outras estratégias de marketing digital, como o SEO, por exemplo, são tão complexas que exigem vários profissionais diferentes para serem implementadas de forma completa para dar resultados. No mínimo, uma consultoria de SEO vai demandar a utilização de um jornalista, um programador e um profissional com amplo conhecimento em otimização de site.

Portanto, formar uma equipe de marketing dentro da própria empresa é uma boa opção para quem pensa no longo prazo. Aos poucos, a empresa pode fazer ajustes na equipe, à medida em que for detectando novas necessidades e oportunidades. Contudo, o trabalho é contínuo e os frutos levam alguns meses – ou anos – para chegar.

Além de a equipe estar perfeitamente ajustada às necessidades da empresa, ela também fica imersa na cultura corporativa todos os días. Assim, estes funcionários adquirem conhecimentos aprofundados sobre o negócio, algo essencial para o marketing. Do mesmo modo, como há uma relação de emprego, há maior controle sobre as atividades dos funcionários.

Isto, porém, é uma faca de dois gumes. Conhecer o negócio a fundo é bom, mas, com o tempo, pode ser que a equipe fique com o olhar viciado e tenha dificuldade para encontrar novos caminhos e ideias. Portanto, além do custo com contratação, treinamento e salários, será preciso investir na atualização constante dos profissionais.

Agência de marketing digital vale a pena para atividades complexas ou de alto custo

O custo é o que normalmente atrai as empresas para a contratação de uma agência de marketing digital: o preço é fixo e estabelecido em contrato. Porém, olhar o preço não basta. É preciso refletir sobre o valor que a contratação de uma agência agrega ao negócio.

A contratação de uma agência é interessante para novos negócios, que precisam de tração. Afinal, o principal desafio de empresas jovens é multiplicar seus investimentos e promover sua consolidação, ou seja, incrementar o ROI. Uma agência com boa experiência de mercado pode fazer isto se tornar realidade por meio da aplicação inteligente dos recursos no marketing digital.

Do mesmo modo, esta opção é vantajosa quando há o interesse em investir em um novo canal de marketing, mas o negócio ainda não reúne o know-how para tal. Contar com um parceiro que possa realizar estas atividades mais complexas é o modo mais inteligente de aplicar os recursos do negócio. É o caso da criação de sites otimizados, os quais exigem a implementação de várias técnicas extras para assegurar uma boa posição no Google.

A flexibilidade é outro ponto positivo da contratação de uma agência digital. Caso o orçamento disponível mude, é possível ajustar as entregas conforme o novo valor sem maiores problemas. Com uma equipe interna, isto é muito mais difícil.

Há, também, a possibilidade de contratar uma agência que preste serviços de consultoria em marketing digital para orientar a sua equipe interna. É uma opção para unir as vantagens de ambas as opções: o conhecimento do negócio com o olhar inovador e diferenciado de alguém que vem de fora.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.