tendencias seo 2019

Confira as principais tendências mundiais em SEO para 2019

Otimização com foco em pesquisas via áudio será uma das apostas do marketing de conteúdo 2019

O ano começa e a procura pelas principais novidades em marketing de conteúdo aumenta. Afinal, quais seriam as tendências em SEO para 2019? A fim de se engajar a cada dia mais nas necessidades e oferecer respostas certeiras ao pesquisador, a melhor plataforma de buscas do mundo, O Google, não medirá esforços para alcançar esse objetivo com maestria.

As palavras-chaves pouco claras e inconclusivas serão substituídas por perguntas específicas ou conjunto de palavras relacionadas à pesquisa do usuário. As repetições há um bom tempo estão perdendo espaço nas SERPs (páginas de resultado do mecanismo de pesquisa).

Saiba mais abaixo sobre as tendências em SEO e as novidades para 2019.

Trechos em destaque no texto

As caixas informativas já estão presentes em 2018 e entram com tudo em 2019 . O foco será o visual – organização do texto – que favoreça a leitura e reúna as principais informações sobre o tema.

Conhecido como snippets, um termo que você vai ver muito em 2019, são trechos de um parágrafo acima das listagens em azul nas SERPs. Essas pequenas frases respondem a perguntas relacionadas à pesquisa.

É preciso focar que o objetivo do Google será a cada dia mais responder rapidamente a pergunta do usuário sem que ele necessite clicar em outros links para obter a solução de que precisa. O bom conteúdo e a sua otimização deve atender as curiosidades do pesquisador de forma organizada e clara.

Exemplos para incluir os trechos informativos no conteúdo é encontrar as principais discussões sobre o tema e incluí-las no box. Essas informações podem ser encontradas no próprio Google na listagem abaixo da página, no tópico “mais pesquisas relacionadas”. Os principais itens em discussão também podem integrar subtítulos, como H2 ou H3.

Pesquisa por voz

A pesquisa por voz terá maior foco a cada ano. Em 2014, o Google já havia constatado que 40% dos usuários já usavam a ferramenta de áudio em suas pesquisas, principalmente os adolescentes em 50% dos casos. A pesquisa por voz é preferência por questões simples, como a praticidade e dinamismo, além da convergência dos dispositivos domésticos via entrada de voz conquista a cada dia mais adeptos.

A assistente virtual Alexa e o Google home, da Amazon, lideram as vendas em 2019. Os assistentes dispararam as vendas em 145% em 2018. O e-commerce via comando de voz será uma tendência marcante para 2019 em marketing digital.

A partir desse comportamento será preciso modificar a otimização dos textos para atender a esse novo formato de pesquisa. Palavra-chave cauda-longa serão mais aplicadas do que nunca, com objetivo de impactar os resultados nos mecanismos de busca. No tópico a seguir falaremos mais sobre as palavras-chave cauda longa.

Palavras-chave cauda longa

A pesquisa por voz costuma ser mais específica, ou seja, o usuário faz exatamente a pergunta e espera obter a resposta para sua dúvida. Portanto, aplicar palavras-chaves comuns como “aluguel de automóvel”, “receita de molho pesto” e outras objetivas, não vai ter a mesma efetividade.

Como será usada a voz do usuário e a sua espontaneidade, geralmente as perguntas serão mais claras, como: “Onde comprar grão de café?”, “Como faço um molho pesto” e não palavras isoladas.

Perceba que as perguntas ganham destaque, portanto será essencial acrescentar no conteúdo termos: “Como”, “Onde”, “Por que”, além de possíveis frases ditas por um curioso ou pesquisador.

É interessante notarmos que o Google e o seu mecanismo está a cada dia mais espontâneo e próximo a realidade humana. Com isso, os resultados serão mais refinados e atende com maior eficiência a pesquisa do usuário.

Carrosséis de vídeos

O marketing de vídeo já é uma tendência há um bom tempo. Em 2018 as lives tiveram o seu destaque, seja por redes sociais ou canais como o Youtube. Os vídeos online são preferências entre os brasileiros de acordo com um recente estudo do Youtube divulgado no evento Brandcast.

A preferência dos brasileiros por vídeos do Youtube teve crescimento de mais de 90% nos últimos três anos. O Youtube representa cerca de 42% do público consumidor de vídeo no país. O canal é um substituto da TV aberta para 63% da população.

Por conta do sucesso dos vídeos online, novas estratégias em SEO com foco nesse formato também lideram a lista de novidades para 2019. A versão carrossel substitui a exibição estática de vídeos e permite que o usuário percorra por mais oito opções disponíveis. O marketing de vídeo será uma aposta e mais novidades podem surgir ao longo do ano.

Sonho da geração atual, ter um canal de sucesso no YouTube não é tarefa tão simmples. “É muito fácil criar um canal. Difícil é mantê-lo vivo e em crescimento”, afirma o youtuber Iberê Thenório, criador do Manual do Mundo, canal com mais de 7 milhões de inscritos. O sucesso do canal depende de vários fatores, mas como em qualquer segmento de negócios, trabalhar com profissionalismo e seriedade é fundamental para se destacar da concorrência.

Para começar confira algumas dicas de como iniciar o seu canal no YouTube:

  • O primeiro passo para criar um canal no Youtube é ter uma conta Google. É com esse usuário que você vai logar na rede social.
  • Depois é hora de customizar o seu canal e torná-lo apresentável para o público. E a primeira coisa aqui é criar uma capa atrativa. É possível escolher entre fazer upload de uma foto, buscar uma imagem da galeria vinculada à sua conta ou usar serviços especializados em criação de capa para Youtube.
  • Por fim, é preciso adicionar uma descrição ao seu canal, apresentando para o público uma visão geral do que será postado no canal. Fale sobre o seu negócio e informe principalmente os tipos de conteúdo, a frequência de envio, informe os links das redes sociais e do seu site.

Conteúdos humanizados e com experiências reais

A partir das pesquisas por voz, vídeos e um material cada vez mais espontâneo, a exigência por estratégias em SEO que acompanhem esse dinamismo será cada vez maior. O conteúdo – a principal ferramenta que conecta o leitor e site – terá de “conversar” cada vez mais com quem estiver buscando auxílio.

É muito importante elaborar pautas com base nos anseios do público-alvo ou até mesmo dicas de possíveis influenciadores do ramo, algumas empresas já fazem isso e conseguem um ótimo engajamento. O foco será cada vez mais a prestação de serviços, agilidade e informação completa.

As experiências reais serão valorizadas, as pessoas irão buscar conteúdos espontâneos e a troca de informação com quem compartilha de experiências parecidas com as suas. Seja um espelho para o seu público e mais do nunca, um consultor dedicado.

Palavras-chave LSI (Indexação Semântica Latente)

Frases repetidas roboticamente serão dispensadas pelos mecanismos de buscas. A naturalidade de uma conversação e palavras-chaves LSI farão parte do conteúdo.

O que são palavras-chaves LSI? Você vai aplicar no texto não mais repetições como: “Show do Aerosmith” várias vezes, mas inserir em diferentes contextos. Exemplo: “Veja como foi o show do Aerosmith”; “Fãs vibravam junto com a banda”, entre outros. É possível inserir tudo que diz respeito ao cenário, como som, arquibancada, iluminação, etc.

As palavras-chaves LSI operam conforme a linguagem humana, ou seja, muito semelhante a uma conversa. Nesse contexto, ninguém repete como robô a mesma palavra, não é mesmo?

As repetições nem sempre significam conteúdo de qualidade, portanto, o Google investiu em sistemas mais sensíveis que possam aproximar o texto da linguagem humana com intuito de atender com mais qualidade e eficiência os resultados da pesquisa.

Para aplicar as palavras-chave LSI basta digitar a palavra-chave alvo no Google e conferir as dicas presentes em “Pesquisas relacionadas” ou “As pessoas também perguntam” que fica logo abaixo. Após reunir as possíveis dúvidas ou discussões sobre o tema é hora de acrescentá-las num conteúdo caprichado.

As palavras-chave LSI não substituem as palavras-chaves tradicionais, mas são úteis para tornar o texto mais dinâmico, sem repetições e contribuir para que os mecanismos de busca do Google capte com clareza o tema abordado pelo site. Quanto mais discussões a respeito de um assunto, mais confiabilidade o seu conteúdo terá.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.