Tome cuidado com a Internet Wi-Fi


18/05/2006

Mesmo se você tomar todas as providências para evitar o roubo das informações guardadas no seu computador portátil, existe outro perigo: a conexão à internet sem fio (Wi-Fi). O problema é que, para facilitar o acesso dos usuários, a esmagadora maioria dos hotspots – pontos de acesso públicos em que é possível navegar na rede com um notebook ou PDA – não usa nenhum tipo de codificação de dados.

Quer dizer: boa parte dos dados que entram e saem do seu computador viaja pelo ar sem proteção nenhuma, presa fácil para hackers e curiosos – que, como os hotspots têm alcance de até 50 metros, podem até ficar ocultos, escondidos em prédios ou imóveis próximos.

Algumas partes da navegação na internet são automaticamente codificadas pelo seu browser – sempre que aparecer na tela um pequeno cadeado amarelo, é porque a proteção está ativa. O problema é que ela é muito restrita: os hackers podem até não conseguir roubar a sua senha de e-mail, por exemplo, mas, paradoxalmente, conseguem ler as mensagens em si (que não são codificadas).

Dessa forma, basta você mandar um arquivo anexado a um e-mail para que ele fique ao alcance dos hackers – mesmo que o disco rígido do seu computador esteja protegido.

Por isso, é muito importante instalar um programa que faça a codificação do tráfego de dados, ou seja, da navegação da internet. Existem várias opções, mas a mais conveniente é o software gratuito Java Anonymous Proxy, ou JAP. Ele cria uma espécie de “túnel” entre o seu computador e servidores mantidos por universidades alemãs, que atuam como intermediárias (proxy) entre você e os sites da internet.

Como esse “túnel” é criptografado, os dados ficam protegidos – se alguém tentar interceptar o que está entrando e saindo da sua máquina, só encontrará dados embaralhados, ilegíveis.

Atenção: o JAP reconfigura automaticamente o Internet Explorer, mas, no Firefox, é preciso fazer um ajuste manual. Clique em Ferramentas/Opções e Geral e aperte o botão Configurar conexão. Na janelinha exibida, marque o item Configuração manual e digite 127.0.0.1 no campo HTTP e 4001 no campo Porta. Marque o item Usar este proxy para todos os protocolos.

Pronto. Agora é só abrir o JAP e acionar o item Anonymity On.

O JAP deixa a navegação lenta, ou seja, não vale a pena usá-lo o tempo todo (só nas situações de risco, ou seja, nos hotspots públicos).

O problema é que, para voltar a navegar normalmente, sem o JAP, é preciso desfazer manualmente toda a configuração acima. É muito cansativo. Para não passar por isso, instale o acessório FoxyProxy (addons.mozilla.org). Ele cria um atalho, no painel do Firefox, que permite mexer nas configurações de proxy.

Para restaurar a configuração original do Internet Explorer, clique em Ferramentas/Opções da Internet, Configurações da LAN e desmarque o item Usar um servidor proxy.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.