Software promete barrar invasão de sites No ratings yet.


12/05/2004

Não é fácil invadir um site que exibe um cadeadinho de segurança na parte inferior do browser, como o de bancos e de e-commerce. Mas para os hackers nada é impossível. Eles desenvolveram quatro técnicas para driblar todas as defesas criadas contra seus ataques: o keylogger, o screenlogger, o man-in-the-middle (homem-no-meio) e a clonagem.

A primeira instala um programa que captura todas as teclas digitadas pelo internauta. O screenlogger mostra as imagens do teclado virtual. O man-in-the-middle habilita um IP (número que identifica um computador), de modo que todas as informações contidas nele passam pela máquina do hacker, em texto puro, antes de chegar ao servidor do banco ou do e-commerce. Finalmente, através da clonagem, o criminoso pede ao usuário que faça seu recadastramento bancário ou comercial, apresentando-lhe um link para um site falso, onde surrupia os dados fornecidos.

Os softwares usados até agora se mostraram pouco eficientes contra essas técnicas. Na semana passada, porém, a Defnet Systems anunciou o lançamento do Internet Security Access (ISA) e garante que o programa – na realidade, um simples navegador – é capaz de barrar o uso das quatro estratégias criminosas, de uma só vez. Segundo João Eduardo, diretor de tecnologia da Defnet, o ISA é confiável porque foi feito por white-hackers (hackers do bem) que se dedicam a combater os estragos causados pelos black-hackers (hackers do mal).“O ISA engana os invasores, fornecendo-lhes informações falsas de suas prováveis vítimas”, esclarece Eduardo.

O ISA está disponível no site Superdownloads ao preço de R$ 29,90. Quem quiser experimentá-lo, antes de comprar, pode baixar a versão demo gratuitamente.

Site relacionado: http://superdownloads.ubbi.com.br

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *