Internet desce a serra e aquece o verão

05/12/2006

Foi-se o tempo em que ir para a praia significava desconectar-se do mundo. Com o pé na areia, tomando água de coco ou (que tal?) comendo sushi ao pôr-do-sol, dá para acessar e-mails, conversar com seus contatos do Skype e até trabalhar. Tudo pelo notebook, via Wi-Fi ou rede de telefone celular, e sem sair da espreguiçadeira.

Entre as opções para se conectar no litoral paulista, há desde hotéis hi-tech que oferecem internet sem fio à beira-mar a lan houses com aquele clima de paraíso surfista. Em Ilhabela, no litoral norte, há até quiosques de praia com conexão sem fio para notebooks. Roberto Albuquerque, o Betão, é dono do Kyox e resolveu dar de graça esse ‘mimo’ aos clientes. ‘Muita gente usa e adora’, garante.

No hotel DPNY, em Ilhabela, os pecuaristas de Ribeirão Preto Nana e Marco Antônio tocavam a boiada via web, enquanto tomavam sol. ‘Assim, relaxo nas férias e resolvo os problemas’, diz Nana.

Para quem não está com essa bola toda, mas não pode se desconectar, seja por causa do trabalho ou porque quer marcar aquela baladinha à noite, há diversas outras opções. Além das lan houses, que podem ser encontradas em praticamente todas as praias do litoral paulista, dá para instalar banda larga na casa de veraneio e até conectar o notebook na web pela rede de telefone celular. Nesse caso, dá para navegar até dentro do carro quando estiver se deslocando entre duas praias. (segue)

FILIPE SERRANO e RODRIGO MARTINS

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.