Globo começa a criar para internet e celular


12/12/2006

De olho nas novas tecnologias que um dia substituirão o televisor convencional, a Globo vai instituir até o final deste ano uma divisão para novas mídias. O novo setor será instalado no Projac, a central de estúdios da emissora em Jacarepaguá (Rio).

Segundo Octávio Florisbal, diretor geral da Globo, a partir deste ano os profissionais da emissora “vão criar para a TV aberta, mas pensando também em internet de banda larga e em telefonia celular”. A orientação tem a ver também com a implantação no país da TV digital, que deverá promover a convergência de mídias o televisor, a médio prazo, será também um microcomputador.

Assim, novas novelas e programas terão subprodutos para internet e celular. Será mais do que já se oferece no “reality show” “Big Brother Brasil”, que usa a internet e a telefonia móvel para interatividade para o público votar. A nova divisão irá oferecer conteúdos da programação da TV na internet e no celular mais também do que o portal Globo.com já oferece: trechos de novelas e programas jornalísticos.

A princípio, a Globo criará apenas derivados de seus programas. Com o crescimento da base de assinantes de banda larga e melhora na qualidade dos vídeos transmitidos por celular, a Globo pretende se tornar provedora de conteúdos exclusivos. “Quando a base aumentar, poderemos ter produtos específicos”, diz Florisbal.

Fonte: Daniel Castro da Folha de S. Paulo

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.