Comércio eletrônico somou US$ 16,3 bi no Brasil em 2003


25/03/2004

Os valores movimentados no comércio eletrônico nas transações Business-to-Business (B2B) e Business-to-Consumer (B2C) nas empresas que atuam no mercado brasileiro atingiram cerca de US$ 16,3 bilhões em 2003.

Isso é o que revela a 6ª Pesquisa da FGV-EAESP sobre Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro divulgada nesta quarta-feira (24/03), que aponta ainda que no final de 2003, 4,94% das transações B2B eram feitas pela internet, totalizando US$ 11,8 bilhões. Já as transações B2C feitas pela internet representavam 2,08% do mercado total, com movimento de US$ 4,5 bilhões.

De acordo com a pesquisa, coordenada pelo professor Alberto Luiz Albertin, no ano anterior, o volume transacionado por comércio eletrônico entre empresas era de US$ 5,7 bilhões, e o registrado entre empresas e consumidores, de US$ 1,9 bilhões.

Em relação ao nível de comércio eletrônico por setor, a indústria apresentou maior penetração nas transações B2B (5,37%), seguida pelo ramo de serviços (4,87%) e comércio (3,97%). Entre os consumidores, a maior aplicação da internet foi vista pela indústria (2,50%), contra 1,42% dos serviços e 1,09% do comércio. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.