Venda online, consultoria ao vivo


10/04/2003

Mulher, até 34 anos, moradora das regiões Sul e Sudeste, com curso superior completo. Esse é o perfil da e-consumidora da Natura (www.natura.net). Responsável por 80% das vendas realizadas no site, elas costumam gastar cerca de R$ 70 na compra de produtos das linhas Mamãe e Bebê, Homem e Ekos.

Há um ano e meio online (a loja virtual foi lançada em julho de 2001), teve faturamento de cerca de R$ 1,9 bilhão. “Isso representa um crescimento de 537%”, comenta Italo Flammia, diretor de Tecnologia da Informação da empresa. “Superou nossas expectativas.”

Conhecida pelas vendas intermediadas por consultoras, a Natura não pretende acabar com esse serviço. “Elas são o diferencial de nossa venda de produtos”, explica Flammia. “Oferecem uma consultoria de beleza que nenhum sistema de informação no mundo poderá substituir.”

Ele ressalta que o processo de vendas online da empresa respeita essa relação. “No momento da compra online, o cliente se vincula, obrigatoriamente, a uma consultora, que faz o pós-venda e recebe 10% do valor da compra.”

No site, o consumidor encontra detalhes dos produtos e consultoria virtual, que indica produtos com base em seu perfil e em suas preferências para rosto, corpo e cabelos. “Nada, porém, substitui o atendimento pessoal e a demonstração dos produtos, ainda impossível de ser realizada pela internet.”

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.