Publicidade online em vídeo deve decolar nos próximos 3 anos


21/02/2005

A publicidade online em vídeo deve decolar nos próximos três anos, à medida que os consumidores passarem a procurar mais conteúdo visual na Internet. Os anunciantes, porém, terão de aprender rapidamente como se adaptar ao formato comercial, de acordo com a Viewpoint, uma empresa de marketing na Internet.

“O ano passado foi o momento em que as pessoas testaram o mercado para anúncios em vídeo na Internet”, disse Jay Amato, presidente-executivo da Viewpoint à Reuters. “Veremos mais testes ainda em 2005, e acredito que 2006 e 2007 serão os anos de crescimento sério desse mercado.”

No mês passado, a Viewpoint concluiu a aquisição da Unicast, uma empresa de capital fechado que ajuda anunciantes a criar anúncios online e converter comerciais de televisão a formatos que possam ser executados no intervalo de navegação entre uma e outra página da Web, ou inseridos em um vídeo transmitido online.

Especialistas setoriais esperam que a publicidade em vídeo na Web ganhe força em 2005 por meio do uso mais amplo de conexões de alta velocidade nos domicílios e escritórios norte-americanos. Amato espera que a adoção acelerada de banda larga ajude as empresas de publicidade online a capturarem parcela maior dos mais de US$ 60 bilhões investidos a cada ano em publicidade televisiva.

“As pessoas querem levar suas experiências televisivas à Web, mas de maneira dirigida”, disse Amato. Os anunciantes podem colocar melhor os anúncios em vídeos que forneçam informações buscadas, a exemplo de demonstrações de culinária e reformas domésticas, bem como notícias e entretenimento.

Os anunciantes transferiram proporção maior de seu investimento publicitário para as mídias online nos dois últimos anos. Mas mesmo com as expectativas de que o investimento em publicidade na Internet suba em até 25% este ano, para cerca de US$ 9 bilhões, de acordo com a empresa de compra de mídia Universal McCann, o mercado online só recebe uma fração das verbas que os anunciantes dedicam à televisão.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.