Polícia italiana descobre piratas que agiam na Internet


06/11

A polícia italiana descobriu uma quadrilha de pirataria que supostamente negociava milhões de euros em softwares, músicas e filmes ilegais online, anunciou ontem uma organização industrial.

A Guardia di Finanza e a Business Software Alliance (BSA) aliaram-se para uma investigação de um ano de duração, que resultou na detenção de um membro da quadrilha e na apreensão de mais de 100 mil produtos falsificados.

A BSA anunciou a prisão na terça-feira, depois de receber licença das autoridades italianas para comentar a investigação em curso, que talvez venha a se tornar uma das maiores do gênero na Europa.

A distribuição descontrolada de materiais piratas via Internet prejudicou seriamente os setores de software, música e filmes nos últimos três anos.

Pesquisas encomendadas pela BSA demonstram que a pirataria de software na Europa aumentou em três por cento em 2001 ante o ano anterior, e que atingiu 40 por cento do software vendido na Europa Ocidental. Esta taxa equivale a uma perda de receita de cerca de 2,9 bilhões de euros para a indústria do software.

A quadrilha italiana é suspeita de vender mais de 60 milhões de euros em programas piratas e outros produtos falsificados, por meio de uma série de sites, afirmou a BSA, o que a tornaria uma das maiores quadrilhas de pirataria da Europa.

Uma pessoa, detida em Milão meses atrás, foi acusada formalmente, e há 10 outras sob investigação depois que a polícia fez incursões simultâneas em nove cidades italianas, entre as quais Milão, Bolonha, Nápoles e Trieste.(segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.