Energia solar leva internet ao sertão do Ceará No ratings yet.


21/08/2003

Computadores movidos a energia solar foram a solução encontrada para permitir a inclusão digital de 116 famílias carentes de Almécegas, no município de Trairi, a 200 quilômetros de Fortaleza.

A iniciativa do Instituto Telemar, em parceria com o Projeto Núcleo Digital Solar, do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis (IDER) e com a Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID) resultou na criação do Laboratório de Almécegas, inaugurado na segunda-feira (18/08).

Contando com três computadores e uma impressora interligados em rede e à internet, com 128 kbps de conexão, o laboratório instalado na Escola de Ensino Fundamental Santa Luzia, também faz parte do Projeto Telemar Educação, metodologia desenvolvida pela Escola do Futuro da Universidade de São Paulo, somando 67 escolas no País.

“Esperamos que a tecnologia possa servir como acelerador de desenvolvimento”, afirma Maria Arlete Gonçalves, gerente do Instituto Telemar. Segundo ela, além do aprendizado de informática e do acesso à internet, o laboratório oferecerá serviços comunitários do Centro de Cidadania Digital como solicitação de CPF, concessão de benefícios do INSS e acesso às informações dos projetos sociais do governo, entre outras consultas.

Toda a infra-estrutura do laboratório foi subsidiada pelo Instituto Telemar, que chegou a investir um total de R$ 16 milhões, entre doações e patrocínios incentivados a projetos de responsabilidade social, em 2002.

Site relacionado: www.projetotelemareducacao.com.br

Daniela Braun

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *