Depois do E-commerce surge o F-Commerce

30/04/2012

O Facebook já é considerado o principal site social do mundo utilizado pelos internautas para aprofundarem seus relacionamentos de amizade e profissionais. E é por isso que ele acaba se destacando também como uma importante ferramenta de relacionamento das marcas com os consumidores.
 
Desde o surgimento e apogeu do Orkut as empresas vinham se utilizando das redes sociais para se comunicarem com seu público e para promoverem sua marca, divuglarem produtos e ofertas. Mas parece que o Facebook realmente deixou todas as outras mídias sociais para trás.
 
Com a forte expansão vivida pelo comércio eletrônico e pelas redes sociais, existe uma grande expectativa do mercado que o Facebook evolua da sua característica principal que é de relacionamento e compartilhamento de experiências para uma plataforma de vendas e negócios. O social commerce já começa a movimentar muitas marcas na oferta de produtos dentro de redes sociais. Por isso, o F-Commerce ganha popularidade e passa a estar nos planos de empresas de diferentes portes, desde pequenos empreendedores até grandes varejistas. Players como Magazine Luiza e Submarino já aderiram ao ambiente com plataformas próprias e metodologia de revenda. Outro varejista que entrou no canal recentemente foi o Compra Fácil.
 
Com toda essa onda, ferramentas como LikeStore, beeSocial e o Meu Shopping ganham popularidade.
A LikeStore, é a plataforma mais conhecida no mercado. Lançada no início de 2011, a startup possui 4.800 lojas cadastradas e recebeu mais de 100 mil visitas no período de um ano, com lojas que chegam a faturar, em média, R$ 30 mil por mês. “O interessante da ferramenta é que, na maioria dos casos, as pequenas empresas que tinham vendas inexpressivas no seu e-commerce aumentaram de 100% a 200% por mês. Estamos próximos de uma estrutura que se paga com apenas oito meses da primeira loja ter sido lançada”, Ricardo Grandinetti, gerente de produto da LikeStore.
 
A E-Like, desenvolvedora da plataforma de f-commerce “Meu Shopping”, que reúne diversas lojas virtuais sociais dentro do Facebook, fechou parceria e passa a contar com solução de pagamento da Braspag o que vai alavancar ainda mais esse potencial de consumo dentro do Facebook. Com a ação, o gateway de pagamentos da Braspag, o Pagador, será oferecido como uma integração natural à plataforma de f-commerce desenvolvida pela E-Like para as marcas presentes na rede social.
 
O desafio agora é melhorar a conversão de vendas no uso das mídias sociais. Para isso, as empresas precisarão investir esforços em relacionamento e marketing para, além de atrair clientes, fidelizá-los e incentivar o consumo.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.