China se rende ao comércio interno de ouro pela internet


13/04/2005

A China comunicou, nesta segunda-feira, a investidores privados que a compra e venda de ouro por intermédio da internet está autorizada, o que constitui sua última medida para estimular a demanda do metal precioso, afirmaram fontes da indústria chinesa, citadas num despacho da Reuters.

Desde o fim de março, investidores individuais têm conseguido fazer compras de ouro online mediante a participação do Banco da China e outros bancos seleccionados, membros do Shanghai Gold Exchange.

No início deste ano, a China reduziu o imposto na compra de jóias até 21,3%, para estimular investidores estrangeiros a aplicarem recursos nas fábricas de jóias, assim como para para incentivar o consumo em um dos maiores mercados do mundo.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.