AOL Time Warner reestrutura operação online


03/12/2002

Quando a fusão AOL Time Warner foi anunciada, esperava-se que a America Online fosse o motor que conduziria a nova gigante, imprimindo o dinamismo e as generosas taxas de crescimento da economia digital ao antigo conglomerado de mídia. Aconteceu justamente o contrário.

O braço online da empresa é hoje o principal foco de preocupações: o ritmo de adesão de novos usuários diminui, as receitas de publicidade encolhem a olhos vistos, a competição é cada vez mais acirrada e a unidade passa por uma investigação do governo americano sobre suas práticas contábeis.

Ao longo do último ano, diversos analistas questionaram publicamente se a fusão foi mesmo um bom negócio. Muitos acreditam que a mesma dúvida esteja na cabeça de altos executivos da própria companhia.

Diante deste cenário, a empresa acaba de anunciar um plano para tentar resgatar os negócios online – e, consequentemente, a própria credibilidade da AOL Time Warner junto ao mercado e aos acionistas.

A empresa decidiu se focar em banda larga e serviços premium, segundo revelou o Chief Executive Officer (CEO) da AOL, Jon Miller, durante a apresentação “AOL Day”, realizada nesta terça-feira (03/12), em Nova York. “Não diríamos que temos todas as respostas, mas estamos confiantes que chegamos em um plano para colocar a AOL no caminho do crescimento”, disse Miller.

O executivo afirmou que a AOL está se concentrando em oferecer conteúdo premium para banda larga, que será produzido principalmente nas outras unidades do conglomerado de mídia. A empresa confirmou que sua divisão Time Inc. fechou um acordo para oferecer conteúdo online exclusivo de suas revistas aos assinantes da AOL.

O provedor também fez uma aliança com a sua divisão CNN para aproveitar o conteúdo em vídeo e texto. O serviço pago de vídeo da CNN, que hoje está disponível por uma mensalidade de US$ 4,95 na Internet, será oferecido para novos membros do acesso de banda larga da AOL. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.