A vez do CRM analítico


12/06/2003

Segundo um estudo do instituto TheInfoPro, o mercado de CRM chegou a um platô, já que 85% dos entrevistados pretendem manter ou reduzir os investimentos na área nos próximos meses. A partir de agora, a previsão é que o setor seja movimentado principalmente pelas adoções de CRM analítico.

Conforme apontam os relatórios do TheInfoPro, no ano que vem, 28% dos entrevistados devem adquirir ferramentas que integrem os dados colhidos via Web, 23% pretendem implementar sistemas de análise da força de vendas e outros 23% irão adotar um banco de dados comum para as informações dos clientes. “Todos esses planos sugerem que o mercado de CRM não está morto, mas que os usuários precisam de tempo e das ferramentas corretas para digerirem as informações que colheram sobre os seus clientes”, avalia Jon Gibs, diretor de pesquisas da TheInfoPro.

Com essa mudança no mercado, o instituto de pesquisas mostra o surgimento de oportunidades para outros fornecedores de soluções. Assim, empresas especializadas em CRM analítico, como a SAS e a Crystal, devem ser beneficiadas; assim como fornecedoras de soluções para análise de performance, como é o caso da Cognos e da Business Objects.

Outro aspecto avaliado pelo instituto foi a possível união entre a PeopleSoft e a Oracle, o que, de acordo com o estudo, poderia representar uma ameaça à líder do setor, Siebel. De qualquer forma, o conselho da PeopleSoft anunciou hoje (12/06), sua decisão contrária à tentativa de aquisição da empresa pela Oracle.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.