QuarkXPress versus InDesign No ratings yet.


A maioria dos designers de material impresso e profissionais de pré-impressão e impressão digital usa o QuarkXPress 4.X ou o PageMaker 6.5 ou 7 — não porque eles sejam isentos de falhas, mas porque os recursos, o predomínio e a familiaridade com os produtos os tornam eficazes em termos de custos. Embora a Adobe tenha tentado abocanhar mais um pedaço do mercado de layout de página high-end com o InDesign 1.0 e 1.5, poucos se aventuraram a usar o novo programa.

Então, em fevereiro passado (com intervalo de uma semana), a Quark e a Adobe anunciaram a chegada do XPress 5.0 e o InDesign 2.0, respectivamente. Examinamos as versões finais e chegamos a algumas conclusões surpreendentes. Esta comparação entre os componentes principais dos programas deverá ajudar você a decidir se vai atualizar ou mudar de produto.

O InDesign 1.X era um produto incompleto, mas a versão 2 oferece recursos atrativos, é significativamente mais veloz do que seu predecessor e faz quase tudo que o QuarkXPress 5 faz (embora não tenha as novas ferramentas de Web design do XPress).

Obviamente, um grande número de XTensions expande a capacidade do XPress para além do InDesign e muitos plug-ins permitem que o InDesign faça truques desconhecidos do XPress. Este comparativo, porém, concentra-se nos recursos principais de cada programa.(segue)

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *