Petrobras unificará compras eletrônicas em agosto


10/06/2003

A Petrobras planeja iniciar o processo de unificação de sua estrutura de compras eletrônicas em agosto, quando entra no ar o sistema de Procurement Negócios Eletrônicos (PNE). Trata-se de um e-marketplace que a subsidiária ePetro constituiu em conjunto com a SAP e a Accenture, parceiros tecnológicos da iniciativa.

Segundo o gerente de compras eletrônicas da Petrobras, Marco Aurélio Ramos, a PNE será o canal oficial da estatal para seus fornecedores. “Será um ambiente eletrônico de aquisições com recursos de leilão reverso que foi preparado para funcionar dentro da lei 2745, que regula as compras da Petrobras”, explica. “Haverá um site da PNE que será o ponto único para todos os fornecedores que vendem bens não-estratégicos para a Petrobras”

A PNE vai incorporar também o sistema de Web EDI que a estatal possui há quase três anos e que é utilizado em processos de compras de pequeno valor, geralmente até R$ 10 mil, que dispensam licitação. O Web EDI tem cerca de 5 mil parceiros cadastrados.

A Petrobras calcula que a PNE deve realizar algo em torno de 120 mil aquisições/ano para compras até R$ 300 mil.

Ramos afirma que o e-marketplace entrará em operação gradualmente, começando em Aracaju e seguindo por etapas para o Rio de Janeiro, Macaé, São Paulo, Salvador, Natal e Espírito Santo. Este grupo de unidades deve estar utilizando os serviços da PNE até fevereiro de 2004. Até julho do próximo ano a expectativa é que todas as unidades da Petrobras se beneficiem do sistema. (segue)

Ricardo Cesar

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.