Mercado Eletrônico faz balanço de transações bilionárias


15/09/2003

A Mercado Eletrônico, empresa voltada para negócios no segmento business to business na América Latina, movimentou R$ 4 bilhões no primeiro semestre de 2003. No mesmo período do ano passado, foram movimentados R$ 1,2 bilhão. Os leilões reversos realizados pela companhia foram responsáveis por 15% do resultado de 2003, 25% a mais do que em 2002. Entre as participantes do marketplace estão Brasil Telecom, Fosfértil, 3M, Caraíba Metais, ThyssenKrupp e Basf.

De todos os leilões reversos realizados, 70% são da modalidade “sourcing”, a terceira com maior grau de complexidade entre as quatro oferecidas. Nessa modalidade, as empresas são auxiliadas pelo Mercado Eletrônico desde o início do processo de cotação, passando pela seleção de fornecedores, mapa comparativo de preços e serviços, recomendações e estratégias.

Na primeira modalidade, “standard”, o cliente já sabe o que e como comprar e só precisa utilizar a ferramenta desenhada para tal fim pelo Mercado Eletrônico; na modalidade “advice”, as empresas também já sabem o que comprar com a ajuda de um leilão e precisam de auxílio nas regras que o regem. Na última e mais complexa modalidade, o marketplace atua como um consultor na área de inteligência de compras dos clientes.

Segundo Alexandre Moreno, gerente de sourcing do Mercado Eletrônico, no lançamento da ferramenta, em 2000, apenas produtos como materiais de escritórios ou elétricos eram adquiridos por meio deste serviço. Há um ano, a procura por leilões reversos de itens operacionais e serviços, que têm razoável complexidade na especificação, se intensificou.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.