Comércio eletrônico no Brasil cresce 482% em 2001

As vendas do comércio eletrônico brasileiro em 2001 cresceram seis vezes (482%) em relação ao ano anterior. Segundo dados dos institutos IDC, e-Marketer e Simonsen Associados, o faturamento do varejo na internet foi de 904 milhões de dólares no ano passado – a expectativa era de 328 milhões -, contra 155,4 milhões em 2000. O crescimento brasileiro segue os passos do mercado americano, que teve em seus primeiros anos taxas impressionantes. Entre 1997 e 2002, o número de compradores online cresceu de 5 milhões para 36,5 milhões, segundo o instituto de pesquisa americano Forrester. Em vendas, o valor passou de 2,4 bilhões de dólares para 72 bilhões. Nos próximos cinco anos, ainda de acordo com o Forrester, o faturamento aumentará para 217,8 bilhões de dólares — e representará, em 2007, 8% do total das vendas do varejo. Serão 62,9 milhões de internautas que comprarão pela internet. Como o estouro da bolha das ponto-com ensinou a tomar cuidado com previsões grandiosas, o Forrester ressalta que esse cenário é o esperado por seus analistas, mas fatores econômicos, tecnológicos, industriais e políticos podem interferir na trajetória traçada para o comércio eletrônico. Camila Guimarães

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *