Software ‘Idemix’ salvaguarda identidade dos consumidores na rede

06/02/2007

A IBM acaba de anunciar um novo software que permite aos cibernautas ocultar ou tornar anónima a sua informação pessoal na Internet, assegurando a protecção da identidade contra furtos e outros abusos. Desenvolvido por investigadores no laboratório da IBM em Zurique, o software – com o nome de código Identity Mixer, ou ‘Idemix’, vai possibilitar aos consumidores desfrutarem de bons serviços na Internet sem revelarem informação pessoal.

A IBM vai contribuir com o Idemix para o projecto Eclipse Higgins, uma iniciativa open source dedicada ao desenvolvimento de software de gestão da identidade dos utilizadores. Esta última tendência voltada para uma abordagem centrada no utilizador, significa que os indivíduos podem controlar, de uma forma activa e segura, quem tem acesso às suas informações pessoais online, tais como contas bancárias e números de cartões de crédito, ou registos médicos e de emprego, ao invés de terem instituições exclusivamente responsáveis pela gestão dessa informação, como acontece actualmente.

Sempre que os consumidores digitam dados pessoais ao fazerem o download de músicas ou ao subscreverem newsletters online, o percurso dos dados é deixado para trás, dados esses que relevam informação acerca da dimensão, da frequência e da fonte das suas transacções online, e que podem ser seguidos de volta até ao utilizador. O software IBM Idemix elimina esse percurso ao utilizar uma falsa informação sobre a identidade, conhecida como pseudónimo, para tornar anónimas as transacções realizadas online. Por exemplo, o software permite aos compradores adquirirem livros ou roupas sem revelarem o seu número de cartão de crédito. Ao mesmo tempo, pode verificar o saldo bancário de alguém sem o partilhar, ou dar provas da idade de uma pessoa sem divulgar a data do seu aniversário.

Desta forma, ao contrário de outros sistemas de gestão da identidade, que transmitem partes da verdadeira identidade dos utilizadores, os sistemas construídos utilizando o software Idemix vão ajudar a proteger a privacidade do utilizadores ao partilhar apenas pseudónimos, para que a verdadeira informação nunca possa vir a ser interceptada ou exposta.

De acordo com a IBM, o Idemix actua permitindo ao utilizador de um determinado computador com o software apropriado obter uma credencial digital anónima ou um documento comprovativo de terceiros de confiança, tal como um banco, uma companhia de seguros ou uma instituição governamental. Uma companhia de seguros de saúde, por exemplo, pode oferecer uma credencial confirmando que um utilizador usufrui de determinados benefícios no seguro de saúde. Se o utilizador quiser consultar o portal online do seu fornecedor de serviços de saúde para informação médica, o Idemix sela digitalmente a credencial, de modo a que o utilizador a possa enviar para o fornecedor de serviços de saúde e tenha acesso ao serviço online. Ao utilizar sofisticados algoritmos de criptografia, este software da IBM actua como um intermediário, pelo que a verdadeira identidade do utilizador nunca é exposta ao fornecedor de serviços de saúde. Sempre que o utilizador consultar o serviço será usada uma nova credencial codificada. “Quando as pessoas não têm de revelar a sua informação pessoal na Web, o risco de furto de identidade é altamente reduzido”, explica John Clippinger, membro veterano do Berkman Center for Internet and Society da Harvard Law School. “A capacidade de tornar as transacções anónimas utilizando o Idemix reforça a confiança do consumidor, abrindo portas para novas formas de comércio na Internet.”

Joana Vidigal Leal

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.