Qual a velocidade da internet?


13/11/2005

A internet já atinge em torno de 80% das famílias americanas. São quase 200 milhões de pessoas bucando informações, se divertindo, fazendo compras e negócios. No Brasil, apesar dos números serem (bem) mais modestos, também estamos experimentando um progresso geométrico no que se refere ao mercado de internet, suas novas alternativas e possibilidades. Por aqui, somos em torno de 25 milhões de usuários.

Uma pesquisa promovida pela empresa de monitoramento, Netcraft, informa que, em 2005, a internet está tendo um crescimento superior ao experimentado durante o período da bolha. Até setembro deste ano, segundo a Netcraft, foram criados 17,5 milhões de sites, ultrapassando o recorde de 2000, conhecido com o período da bolha, com 16 milhões de sites.

Qual a real velocidade da internet?
110, 120, 160. Só pra ver até quando o motor aguenta, já diziam os Engenheiros do Hawaii, na música Infinita Highway. Na internet, por outro lado, parece que o motor não tem limite. O progresso no mundo virtual está acontecendo mais rapidamente do que nós, pobres mortais, podemos perceber. Os sites de busca já não procuram mais apenas informações em texto nos sites, mas também em blogs, softwares, imagens, arquivos de áudio, notícias. Outros softwares, como o Kazaa, por exemplo, procuram dados em cada computador.

O Orkut ocupou os sites de notícias, mensagens e foi fonte de assunto em bate-papos, virtuas ou não, durante algum tempo. É claro que o site de comunidades virtuais do Google, ainda é muito utilizado, mas hoje, por não ser mais novidade, já está em um segundo plano. Um passinho à frente, por favor.

E os blogs? Não se fala em outra coisa. Usuários e empresas mergulham de cabeça neste novo meio de comunicação informal. De acordo com um estudo realizado pela NetImperative, a cada segundo é criado um novo blog na internet. Agora já inventaram até mesmo o spam para blogs: o splog é um blog criado para promover outros sites afiliados, servindo como uma vitrine de links sobre um determinado assunto.

Até quando os blogs serão a novidade? O que vai surgir logo adiante?

Os mais novos não conheceram e alguns já nem lembram mais do modem para conexão discada. Aquele que ocupava a linha telefônica, lembram? Pois é, o meu primeiro modem tinha 33.600 kbps de velocidade. Quando mudei para o 56K, achei o máximo. Hoje utilizo uma conexão banda larga DSL de 600 kbps. Pois para minha surpresa, vi uma notícia esta semana que informava que a Net, empresa de TV por assinatura, vai passar a oferecer novos serviços de internet de conexão rápida com velocidade de 2 Megabits por segundo (Mbps). Que diferença, hein? Faz apenas cinco anos que passamos da velocidade de 33.600 para 2.000.000 de kbps.

A velocidade com que as possibilidades aumentam faz com que as novidades se tornem rapidamente obsoletas neste mundo virtual. Passamos de hoje para ontem num piscar de olhos e o amanhã, não só já chegou, como também já está indo.

Ricardo Prates Morais é editor da emarket News e consultor da emarket (www.emarket.ppg.br), agência de marketing e publicidade online.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *