Pesquisa traça perfil do e-business no Brasil


13/06/2003

Pesquisa realizada pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (www.camara-e.net), em parceria com a consultoria em Internet Boucinhas & Campos (www.iboucinhas.com.br) e com a Universidade de Brasília (UnB), sob supervisão geral da Universidade de Sheffield, do Reino Unido, mostra o quanto as empresas brasileiras se preocupam com a tecnologia e estão preparadas para a economia digital. Dentre as conclusões encontradas no Brasil, o estudo aponta que 66% das empresas enfocam principalmente a tecnologia quando desenvolvem projetos de e-business. Apesar disso, 38% afirmam que os usuários reais das aplicações de e-business têm influência apenas “moderada” no planejamento das operações, embora 60% do total acreditar que seja “muito importante” que os usuários reais estejam no centro dos processos de e-business.

O estudo ainda conclui que 37% das entrevistadas acreditam na capacidade dos especialistas em e-business no Brasil e 37% planejam seus projetos de e-business de forma “moderada”, mas, por outro lado, 39% acreditam que as empresas se deixam levar “um pouco” pela excessiva publicidade sobre o tema. É imperativo, para 45% dos entrevistados, que as empresas avaliem os impactos do e-business com base em seus objetivos.

Realizado simultaneamente em 50 países, o estudo foi feito com 51 empresas nacionais dos setores público e privado, que transacionam de forma direta pela Web. O estudo, que está sob responsabilidade do professor doutor Jairo Eduardo Borges Andrade, do Instituto de Psicologia da UnB, e é coordenado globalmente pelo professor doutor Chris Clegg, da Universidade de Sheffield, no Reino Unido, deve acontecer a cada dois anos, com o intuito de monitorar os processos de e-business em alguns países do mundo.

Sites relacionados:
www.camara-e.net
www.iboucinhas.com.br

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.