O casamento na era digital

casamento_era_redes_sociaisO mundo realmente mudou. A internet causou tantas mudanças de comportamento nas pessoas e nos consumidores, que a gente nem se dá conta mais, mas tudo, ou quase tudo, envolve a mídia digital.

Vejam o caso do Bruno e da Martinha. Esse casal de amigos, depois de cinco anos de namoro, noivaram e vão casar no próximo mês. Ao saber alguns detalhes do casamento, vi o quanto a internet, mais do que influencia, colabora em diferentes etapas da nossa vida. Como outros jovens de 20 e poucos anos, eles também têm costumes totalmente atrelados às novas tecnologias de comunicação. Mas para Bruno e Martinha a “interferência” da internet na vida deles foi bem grande.

Como não poderia deixar de ser, esta história de amor também cresceu na internet. Os dois, bem jovens, depois de se conhecerem na vida real, como me disse o Bruno, começaram a bater papo no velho Orkut e no MSN. O cara começou, inclusive, com uma conversa de que ia arrumar o PC dela. Mas era só desculpa pra bater papo.

Com o tempo eles foram crescendo, amadurecendo. A internet também, assim como o namoro. E tudo acabou se confundindo. Depois da decisão tomada, mais do que nunca eles “usaram” a internet a favor do casamento também. Vejam alguns detalhes desta história que eu gostaria de compartilhar com vocês.

Como a internet pode ajudar o seu casamento em 5 passos

1 – Buscando qualidade e bom preço, a primeira medida dos noivos foi buscar no Google várias coisas que certamente eles vão precisar na sua nova vida, como móveis e enxoval. Apesar de fazerem várias buscas, acharam rapidamente várias opções, nunca navegando além da 2ª página de resultados.

2 – Compraram todo enxoval e os móveis através da internet. Aproveitando os excelentes preços praticados no comércio eletrônico, o Bruno me disse que comprou todo quarto pelo preço de um guarda-roupa, pagando em 12 x no cartão de crédito. Ah! O vestido da noiva também foi comprado pela internet. Sim, um vestido chiquérrimo da Vogue, direto dos Estados Unidos, pela metade do preço de um vestido alugado.

3 – A ordem era não exagerar na compra de “acessórios” neste momento que envolve tantos gastos. O convite, por exemplo, foi encontrado e comprado por um preço camarada no Mercado Livre, através do anúncio de um artista.

4 – O casal montou listas de casamento em duas grandes lojas virtuais, daquelas que vendem tudo, facilitando a compra dos presentes pelos convidados. O serviço é super cômodo e oferece diversos benefícios aos noivos, como um sistema de notificações por e-mail à medida que os presentes são comprados e a entrega realizada de uma vez só, uma semana antes da data do casamento.

5- Para a viagem de lua de mel, a internet não podia ficar de fora. Foi tudo planejado utilizando a rede, como já haviam feito em outras viagens. Só o destino ainda é segredo. Pelo visto, querem ficar incomunicáveis mesmo! Só sei que é pro nordeste e que compraram a ida e ganharam a volta quase de graça, naquelas promoções malucas da internet.

Essa é só uma parte da vida dessa nova geração 100% digital. Afinal eles são tão jovens e tem muito ainda pela frente.

É claro que eu não poderia deixar de desejar aos meus queridos Bruno e Martinha que sejam felizes para sempre. Ah! E não esqueçam de me mandar um e-mail ou me marcar no Face quando o Bruninho nascer.

Ricardo Prates Morais é consultor de marketing digital e diretor da agência emarket.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *