Investimentos em TI cresceram 5% em 2002


10/12/2002

Em uma pesquisa realizada com 40 executivos de tecnologia, em setembro, a Giga Information Group do Brasil concluiu que, apesar da crise econômica, os investimentos em Tecnologia da Informação (TI) cresceram 5%, este ano, sobre 2001. Conforme divulgou a empresa de consultoria e pesquisas, o objetivo do estudo foi avaliar expectativas e intenções de empresas de pequeno, médio e grande porte em relação aos investimentos para TI, tendo em vista as mudanças econômicas e políticas do País. No geral, os resultados demonstraram que as empresas brasileiras são mais conservadoras em seus investimentos do que as européias e norte-americanas, já que a maior parte dos Chiefs Information Officer (CIOs) entrevistados tende a adotar apenas as tecnologias que já estejam bem estabelecidas em seus mercados de origem. De acordo com dados da pesquisa, 48% dos participantes afirmaram que os investimentos em TI aumentaram desde o início do ano, 33% responderam não ter havido mudanças e 25% afirmaram ter havido decréscimo. Em média, os investimentos aumentaram em 5% desde o início de 2002. Praticamente 75% declaram ter aumentado os investimentos em TI nos dois meses anteriores a esta pesquisa, o que, segundo Peter Issar, vice-presidente de Marketing da Giga Brasil, é um indicativo de que a expectativa da vitória do Luis Inácio Lula da Silva à eleição presidencial teve um pequeno impacto imediato nos planos de investimento.

A Giga Group também constatou que houve um aumento de 2% nos investimentos em novos projetos de TI, este ano, e 45% dos entrevistados esperam aumentar seus investimentos em 2003, enquanto 37% cortará custos e 18% não alterará o orçamento para a tecnologia da informação. Daqueles que investirão, 45% pretendem fazê-lo na primeira metade do próximo ano e 55% no segundo semestre.(segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.