Faltam leis para o e-commerce No ratings yet.


03/12/2004

A advogada Claudia Lima Marques, professora da Faculdade de Direito da UFRGS, apresentou algumas estatísticas preocupantes sobre o comércio eletrônico durante o último Meeting Jurídico da Federasul, realizado dia 25/11.

Segundo dados citados por Claudia, cerca de 30% dos fornecedores que se apresentam na Internet são piratas. Ou seja, não entregam o que anunciam. Para a doutora, a solução é “pôr mais informação disponível nos sites de compras para aumentar a personalização do negócio e desenvolver um marco regulatório para as vendas pela rede”.

Atualmente, de 15% a 25% comércio global é feito pela web, mas só uma parcela muito pequena dessa cifra é responsabilidade de consumidores. A grande maioria das transações é feita entre empresas.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *