Estudo: 63% das empresas querem monitorar e-mail


13/06/2005

Sessenta e três por cento das empresas norte-americanas já mantêm ou pretendem incorporar equipes para ler ou monitorar os e-mails dos funcionários, revelou esta semana o estudo da empresa de segurança Proofpoint.

Segundo o levantamento – que entrevistou 332 gerentes de tecnologia de empresas com mil ou mais funcionários – 36,1% delas já monitoram e-mails atualmente, enquanto outras 26,5% pretendem implantar tal sistema no futuro.

Nas maiores empresas, com mais de 20 mil funcionários, essa prática é ainda maior. Cerca de 40% delas destinam equipes para realizar o monitoramento, enquanto 32% pretendem implantar.

A pesquisa revela também que mais de uma em cada três companhias (35,2%) investigou e-mails de funcionários suspeitos de vazar informações nos últimos 12 meses.

Além disso, mais 27,1% das companhias com profissionais entrevistados demitiram algum funcionário por violar as políticas de e-mail nos últimos 12 meses, enquanto 50,6% delas puniram algum integrante por violação nas políticas. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.