Entrevista: certificação digital tornará a rede mais segura


23/03/2004

A utilização das certificações digitais por corporações ou internautas em geral tornará mais seguro o tráfego de informações pela rede. Esta foi a afirmação do diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Sérgio Amadeu, durante a apresentação de palestra sobre Certificação Digital realizada esta semana na Security Week Brasil 2004, em São Paulo.

No evento, Amadeu reforçou as funções da certificação digital, arquivo eletrônico que acompanha um documento com uma assinatura digital e cujo conteúdo é criptografado, ou seja, escrito em cifras e que só pode ser decodificado com após um reprocessamento do receptor.

“A certificação digital garante a autenticidade, a integridade a confidencialidade e o não-repúdio de uma mensagem, ou seja, impede que o remetente negue que foi o autor de uma determinada mensagem, por exemplo”, afirmou.

Amadeu ressaltou também as metas e iniciativas do governo em relação à certificação digital e ainda destacou a necessidade de maior popularização para o tema. Confira abaixo trechos da entrevista exclusiva que o diretor-presidente do ITI concedeu ao IDG Now!:

IDG Now! – Quais os benefícios da certificação digital?

Sérgio Amadeu – Com a certificação digital o relacionamento com o governo ou mesmo as transações bancárias ficam mais seguras. O uso de certificados digitais transformam uma rede insegura em uma rede segura. O usuário poderá assinar e enviar seus e-mails com maior segurança.A certificação digital garante autenticidade, integridade e o não-repúdio, ou seja, impede que o remetente negue posteriormente que tenha enviado uma mensagem. A mensagem com certificação digital tem o status e a validade de um documento, propriamente dito.

IDG Now! – Qualquer pessoa física pode ter uma certificação digital ou o uso é destinado a pessoas jurídicas?

Sérgio Amadeu – Qualquer pessoa física ou jurídica pode ter uma certificação digital da ICP Brasil [Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira, órgão que regulamenta técnicas, práticas e procedimentos, a serem implementados pelas organizações governamentais e privadas brasileiras].

IDG Now! – Qual o procedimento para se obter uma certificação digital?

Sérgio Amadeu – O usuário pode obter uma certificação digital a partir de uma Autoridade Certificadora, ou seja, órgãos responsáveis por emitir o documento. No Brasil hoje temos seis delas. Primeiramente o internauta comunica os dados ao site, é orientado a cadastrar seus dados pessoais e também um par de chaves criptográficas [dispositivos que farão a identificação do usuário e o reconhecimento da certificação]. A partir daí, ele precisa ir pessoalmente à Autoridade Certificadora para registrar seus dados e levar as provas dos dados que forneceu online. Aí então o processo está pronto. Ele recebe as chaves criptográficas e sua assinatura digital.

IDG Now! – Qual o custo de uma certificação digital?

Sérgio Amadeu – O custo depende do nível de segurança da certificação digital. Existem dois tipos de certificação digital, o A-1 e o A-3. O A-1 é aquele em que a assinatura digital e os dados do usuário são armazenados em uma mídia móvel, como um CD, por exemplo. O A-3 representa os smart cards ou tokens, hardwares portáteis que atuam como mídias armazenadoras. Em seus chips podem ser armazenadas as chaves privadas dos usuários. Já as companhias podem solicitar a certificação digital para colocar em seus sites, o que dificultará, por exemplo, a clonagem dessas páginas.
(segue)

Dabiela Braun com colaboração de Camila Fusco

Sites relacionados:
www.icpbrasil.gov.br
www.iti.gov.br

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.