Embora popular entre fãs de tecnologia, e-book não atrai leitores


27/05/2003

Os e-books, saudados nos estágios iniciais da internet como uma alternativa eletrônica à impressão convencional, falharam em substituir as páginas de papel, apesar da popularidade entre os fãs de tecnologia.

Menos de 5% dos usuários de computadores leram ao menos um livro eletrônico no ano passado, disse o diretor de pesquisa da empresa de avaliação de consumo de tecnologia Envisioneering Group, Richard Doherty. Apesar de baixo, o percentual estava em 1% há cinco anos.

Rich Levin, editor da BookTech, revista da indústria editorial, disse que as editoras continuarão cautelosas em lançar livros na internet até que exista um método eficiente para prevenir a cópia e a distribuição on-line irrestrita de material protegido por direitos autorais. Como resultado disso, há poucos e-books disponíveis atualmente, explica Levin.

Outro problema é que a existência de padrões diferentes de tecnologia restringe o tipo de arquivos digitais que os leitores podem usar, explicou Doherty. “O papel vai continuar dominante como mídia para a maior parte dos títulos que vamos ver no futuro.” (segue)

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *