E-mail profissional recebe menos spam No ratings yet.


09/12/2002

Trabalhadores norte-americanos estão mais protegidos contra mensagens não solicitadas por correio eletrônico, de acordo com uma nova pesquisa publicada neste domingo, 8. Isso contradiz, em parte, o fato de que o spam é uma ameaça às caixas de entrada dos usuários.

Das 1.003 pessoas que usam e-mail no trabalho, 52% disseram ao Pew Internet & American Life Project que não recebem spam e outros 19% afirmam que menos de dez por cento das mensagens que chegam são spam. Por outro lado, apenas 21% responderam que seus e-mails pessoais são livres de spam.

Porém, o crédito de manter as caixas de entrada limpas vai para os filtros de spam instalados nos servidores de correio eletrônico ou nos sistemas dos clientes. Outra razão é que as contas corporativas são pouco interessantes para os caçadores de e-mails comparado a grandes provedores, como a America Online, segundo o estudo “E-Mail no trabalho”.

De acordo com o estudo da Pew, de todos os norte-americanos empregados, 62% têm acesso à Internet no trabalho e 98% usa e-mail no trabalho. Isso significa que 57 milhões de pessoas têm e-mail no trabalho. Para 52% deles, o e-mail é essencial para sua função.

Além disso, o correio eletrônico é bom para se manter informado sobre o que acontece no escritório, disseram 77% dos participantes, para revisar ou editar documentos (67%) ou marcar reuniões (63%). Para discutir problemas de trabalho ou assuntos mais delicados, 85% escolheram o contato pessoal, informa o estudo.

IDG News Service/EUA

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *