E-learning se consolida como opção econômica e de resultados


30/11/2004

O e-learning tem garantido espaço cada vez maior dentro do mercado corporativo. A Associação Brasileira de Educação à Distância – ABED – calcula que os maiores usuários brasileiros desta metodologia são as grandes empresas, que hoje oferecem cursos não presenciais a mais de 1,5 milhão de pessoas.

As vantagens da aplicação dos recursos do ensino digital não são poucas. Segundo cálculos da ABED, o uso do e-learning reduz os gastos com educação corporativa em até 86%. “Além da redução de custos, a agilidade no processo de treinamento também é uma das grandes responsáveis pela crescente a demanda do e-learning no país”, explica Marcos Resende, diretor executivo do webAula.

Com um crescimento de cerca 42%, em 2004, o webAula confirma o aumento pela procura do ensino à distância para atualização ou formação acadêmica. De acordo com dados do Grupo IDC o mercado de e-learning que movimentou US$ 6,6 bilhões, em 2002, deve chegar a US$ 23,7 bilhões, em 2006, em todo mundo.

O webAula é uma joint-venture formada pelos grupos Zargon e Poliedro, que juntos faturam cerca de R$ 90 milhões e possuem aproximadamente 2 mil funcionários, dos quais 120 trabalham exclusivamente com ensino à distância. O faturamento do grupo WebAula, em 2004, será de cerca de R$ 4 milhões, sendo 20% do lucro líquido revertido em pesquisas de desenvolvimento.

Hoje, o webAula possui mais de 800 mil usuários e 55 clientes que utilizam suas soluções e-learning: plataforma webAula (LMS), conversão de cursos presenciais para o formato e-learning, gestão e acompanhamento de turmas on line. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.