A tecnologia por trás das campanhas online

26/05/2008

Por Eduardo Port

Segundo dados de pesquisa do Ibope, o Brasil tem mais de 21 milhões de usuários residenciais ativos e diariamente ganha novos usuários dispostos a interagir com as marcas e adquirir produtos via web. Nos últimos meses os sites de e-commerce registraram movimento de 12,2 milhões de usuários.

O grande desafio para os anunciantes é entender por onde o público impactado pela sua campanha navegou, o que o fez clicar naquele determinado momento e qual foi o seu comportamento em contato com a sua marca.

Gerenciando diversas campanhas, já vivenciei os mais diferentes objetivos e solicitações de agências e posso dizer as estratégias podem fracassar sem um bom planejamento inicial e uma plataforma de mídia que permita extrair o que existe de mais avançado e inovador em termos de gerenciamento e captação de dados,

O planejamento é muito importante. É fundamental determinar o quê, como, quando e como essas informações serão utilizadas para os próximos planejamentos de campanha.

Uma boa plataforma de gerenciamento de campanha, como o Atlas Media Console ou mesmo o popular Adserver, deve mesclar informações básicas de campanhas com análises avançadas, como alcance e freqüência por site, sobreposição de sites e otimização criativa.

Além disso, também é possível saber, por exemplo, de que parte do país ou região vem sua demanda; analisar a taxa de abandono durante o processo de cadastro; entender de fato o real interesse do seu cliente; determinar qual site está gerando mais conversão com menor custo; cruzar informações de search e busca orgânica e cruzar com dados de mídia off-line.

Mas o que esse volume de informações pode oferecer na prática? Como exemplo, em uma campanha de lançamento de um automóvel, o hotsite que estava divinamente perfeito em layout, não era funcional na sua mecânica de agendamento de test-drive. Após a análise deste gargalo no hotsite, sugerimos para a agência uma alteração na mecânica do processo.

Esta simples atitude, baseada em dados reais, dobrou o número mensal de agendamentos de test-drive sem gerar nenhum custo extra ao cliente.

Tudo isso já está ao alcance das agências e anunciantes, desde que estejam prontas para interpretar esses dados e possam tomar decisões na seqüência.

Potencializar a veiculação na internet através de otimizações e rapidez nas mudanças já é uma necessidade básica de qualquer estratégia de comunicação. Quanto antes em ação, melhor para você. Melhor para seus resultados.

Artigo publicado no [Webinsider]

Eduardo Port é gerente de planejamento e atendimento da Unica Interactive Marketing Solutions.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.