Windows: mais barato que o Linux em alguns cenários, diz IDC


03/12/2002

IDG News Service/EUA

Uma pesquisa recente da IDC revelou que corporações que rodam seus sistemas no Windows 2000, da Microsoft, gastam menos na jornada de algumas tarefas, como provimento de impressão e de arquivos, comparado a empresas que utilizam o sistema operacional de código aberto Linux.

Pela análise, a IDC disse que o Windows 2000 oferece um custo total de posse (total cost of ownership – TCO) mais baixo que o Linux, principalmente devido às economias associadas ao recrutamento de pessoal. As revelações vão contra algumas afirmações da indústria de que o Linux é mais barato que o Windows no quesito produtividade.

“Basicamente, os resultados mostram que o Linux requer mais cuidados”, disse Al Gillen, diretor de pesquisa do grupo de software da IDC. “A quantidade de força de trabalho requirida para rodar um ambiente particular como o Linux está cada vez maior.”

O estudo do TCO, baseado em entrevistas com gerentes de TI em organizações de médio e grande porte na América do Norte, dissecou cinco cargas de trabalho específicas que são comuns para os departamentos de tecnologia das empresas.

O instituto revelou que, no prazo de cinco anos, os sistemas baseados no Windows 2000 tendem a ser mais econômicos que aqueles com Linux em quatro dos cinco cenários pesquisados. Entre eles estão infra-estrutura de rede, aplicações de segurança e provimento de impressão e de arquivos, de acordo com a IDC. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.