Vendas de Natal na Internet devem faturar R$ 1 bilhão

A projeção para o faturamento do comércio eletrônico brasileiro no segundo semestre de 2004 é de R$ 1,25 bilhão e o que impulsionará as vendas são os produtos coqueluche do Natal, como câmeras digitais e celulares, que serão os mais vendidos, seguidos por DVDs e aparelhos de som com MP3. Somando o faturamento dos três trimestres desse ano, o setor já tem aproximadamente R$ 1,2 bi, o mesmo valor contabilizado no ano de 2003, encerrando o ano perto dos R$ 2 bilhões. O tíquete médio por compra supera os R$ 300. Segundo a e-Bit, a renda familiar média dos e-consumidores, que são compostos pelas classes A e B, varia entre 3 e 8 mil reais mensais. Desses, 57% têm nível superior completo e pós-graduação. “Temos observado o crescimento da participação de pequenas empresas no varejo on-line, que deve chegar a 10% do mercado no próximo Natal”, analisa Cid Torquato, diretor executivo da Camara-e.net.Vale lembrar que o comércio eletrônico conta com diversas peculiaridades e uma delas é a usabilidade do site que, segundo a Amazon.com, mais de 60% dos carrinhos são deixados durante as compras por causa de dúvidas na hora da transação. Além disso, os e-consumidores estão usando cada vez mais os sites de comparação de preço. Segundo o BuscaPé, 12% (6,7 milhões) deles utilizam a ferramenta antes de comprar. (segue)

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.