Uso da internet por jovens foge de controle, diz pesquisa


09/01/2004

O Módulo Education Center – MEC, unidade de educação da Módulo Security, promoveu a 1ª Pesquisa Segurança da Informação e o Cidadão. Realizada com 960 pessoas, entre pais e adolescentes, o estudo mostra como as famílias enxergam a internet, como se protegem e o que classificam como perigoso ou não. Um das principais constatações do estudo é que os pais não tem o menor controle do conteúdo visto pelos filhos.

De acordo com a empresa, os adolescentes acessam a Web de casa, normalmente, e tem como maior interesse os sites de bate-papo, com o objetivo de conversar, paquerar e buscar novos relacionamentos. “Os adolescentes de hoje estão trocando os parques, shoppings e passeios por horas a fio conectados à rede. E a internet não deve ser a única maneira de relacionamento para as crianças”, alerta Zilta Marinho, diretora do MEC.

Outro ponto ressaltado é o crescente número computadores em residências, o que aumenta a quantidade de crianças conectadas. Mais de 50% dos pais não sabem se o seu filho já foi assediado usando a rede mundial de computadores. “Muitas vezes, do outro lado da tela, quem se diz um adolescente é um adulto que sabe mentir, enganar e obter as informações que precisa. Pode ser um pedófilo, um fraudador em busca de números de cartões de crédito ou alguém que quer simplesmente assustar”, completa.

Site relacionado: www.modulo.com.br

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.