Terra Lycos e Sterling se unem para prestar serviços B2B


21/01 /2003

O Terra Lycos e a Sterling Commerce, empresa especializada em soluções de integração para processos Business-to-Business, fecharam parceria para levar ao mercado nacional diversos produtos e serviços em B2B.

O acordo prevê que o Terra Brasil represente, no País, a unidade de negócios de VAN (Value Added Network – Rede de Valor Agregado) da Sterling Commerce, e assim incorpore serviços de gerenciamento de comunidades eletrônicas, EDI e WebEDI ao seu portfólio, passando a atender cerca de mil clientes e 3 mil usuários já cadastrados pela Sterling, resultados de projetos iniciados para companhias como Wal-Mart, Sonae, HP, entre outras.

De acordo com Paulo Castro, diretor comercial do Terra, a expectativa da companhia é, em dois anos, ampliar a base de clientes para cerca de 10 mil empresas, além de otimizar os serviços para os clientes já cadastrados, através de uma oferta de produtos personalidados para empresas, como, por exemplo, acesso, domínio, hospedagem, conexão e e-mail. De acordo com Castro, a intenção é elaborar ações mercadológicas e campanhas de incentivo para impulsionar as vendas já no primeiro semestre deste ano.

Para Angel Cortón, diretor geral da Sterling Commerce para a América Latina, a parceria com o Terra Lycos é um grande negócio, devido ao fato da empresa ser “uma das mais importantes do setor de tecnologia e Internet do mundo”. Corton considera que a assinatura da parceria com o Terra se caracteriza por uma relação ganha-ganha. “A Sterling se beneficia poder se aproximar das mais de 100 mil empresas clientes do Terra no Brasil. Já o Terra ganha ao utilizar uma tecnologia de rede de âmbito global”, ressalta o executivo.

O atual acordo é resultado de uma parceria que teve início no final da década de 90, em relações comerciais no mercado mexicano. Agora, as empresas pretendem expandir a aliança para outros mercados importantes da América do Sul, principalmente Argentina, Uruguai e Chile.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *