Tecnologia nos chips 64-bits da AMD protege PC contra ataques


22/01/2004

Os processadores Opteron e Athlon 64, da AMD, poderão detectar e remediar um ataque constantemente usado contra PCs conectados à Internet e evitam que possíveis códigos maliciosos sejam executados por quem está atacando. Conhecida como Proteção de Execução, a nova ferramenta detecta quando um hacker tenta produzir um fluxo gigantesco no buffer do processador – um local onde os dados ficam temporariamente – com muito mais dados que um buffer pode aguentar. Isso resulta no vazamento de informações para outros buffers do microprocessador ou na perda dos dados que não caibam ali.

A Proteção de Execução não deixa que o código causador do overflow seja executado na memória, bloqueando qualquer acesso externo à aquele PC, disse John Crank, diretor de produção do Athlon 64. A novidade já está inclusa nos chips de 64 bits da empresa, o Opteron e o Athlon 64, e começará a funcionar quando a Microsoft lançar o pacote Windows XP Pack 2 no segundo trimestre de 2004.

O novo sistema funciona com qualquer PC com Linux ou servidor que tenha algum dos chips 64 bits da empresa, complementa Crank.

Como a maioria dos processadores, os chips da AMD detectam o sobrecarregamento do buffer e acionam um buffer adicional para travar um programa ou o sistema operacional. A diferença é que os chips da AMD executam um terceiro passo ao designar como não executável qualquer código que tente entrar no processador depois do overflow. Por outro lado, se o sobrecarregamento for causado não por uma erro de programação mas por um ataque, o novo código pode dar a possibilidade a quem ataca de instalar vírus do tipo cavalo de tróia dentro da máquina. Um programa desse tipo ativado pode dar controle remoto total do PC. (segue)

IDG News Service, EUA
Com tradução de PC World

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.