Tecnologia mudou trajetória da publicidade, dizem especialistas

4/09/2009

Rei Inamoto, diretor global de criação da AKQA, afirmou, durante o evento iG Digital Day, que a internet mudou de mãos o poder no mercado de publicidade. Segundo Inamoto, hoje, o consumidor é quem controla as marcas.

“Há dez anos, eram as marcas que controlavam os consumidores. Hoje, esse poder mudou de mãos. São os consumidores que dominam as marcas. Eles são os próprios criadores”, afirmou, destacando que os consumidores estão no centro de uma infinidade de informações, que faz com que ele seja senhor das decisões. 
 
“Os consumidores estão se tornando mídia, com o Facebook, Twitter, o próprio celular. As pessoas estão se tornando seus próprios outlets de mídia”, completou.
 
Para Fernanda Romano, diretora criativa global da Euro RSCG, existe hoje um novo modelo de construção de marca. Segundo ela, o mercado voltou à origem após o processo de industrialização e voltou a ter uma identidade “regionalizada e personificada”.
 
“A gente voltou à origem. Tudo voltou a ser local. O Google é meu amigo, o atendimento da O2 fala comigo no Twitter, a Dell me dá barganhas no Twitter, a opinião do blogueiro é mais importante que a do Wall Street Journal”, explicou. “Hoje, o meu cartão de visita é o meu Twitter. Antes era o meu email. As pessoas se apresentam assim. É mais fácil saber o email que o telefone de alguém”, completou.
 
“Se o mundo mudou, o branding também tinha de mudar, não?”, questionou. Fernanda destacou ainda a mudança na geografia atual em um mundo com internet. “A geografia era separar o mundo em países e blocos. Claro que o país ainda é importante, mas hoje o país é muito mais definido pelo dinheiro e empresas que formam esse país. Hoje, o Bill Gates é muito mais poderoso que o Barack Obama, por exemplo”, afirmou.

 

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.