Spam não acaba com utilidade dos e-mails


09/12/2002

Os spams não comprometeram o entusiasmo dos funcionários americanos com e-mails, de acordo com um novo estudo realizado pela Internet & American Life Project sobre o uso de mensagens eletrônicas no ambiente de trabalho. Um total de 52% de entrevistados afirmam que não recebem spams nas caixas de e-mail utilizadas durante o trabalho enquanto 19% estimam que o spams correspondam a apenas 10% do total de mensagens recebidas.

Realizada com mil funcionários que utilizam o e-mail, a pesquisa esclareceu, entre outras coisas, que o tempo destinado ao gerenciamento de mensagens gira em torno de meia hora por pessoa e que cada uma recebe ou envia uma média de 15 e-mails diários. O estudo surpreendeu até mesmo os pesquisadores, que esperavam uma crescente rejeição em relação aos e-mails, a medida que muitas empresas são inundadas por mensagens não solicitadas.

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *