Spam afasta consumidores desconfiados da Internet No ratings yet.


03/02/2004

O crescimento exponencial da quantidade de e-mails comerciais não solicitados, conhecidos como spam, está abalando a confiança dos consumidores na Internet e pode prejudicar o crescimento do comércio eletrônico, disseram hoje que os participantes de uma reunião mundial cujo tema é o combate ao spam.

Uma pesquisa publicada pelo Trans-Atlantic Consumer Dialogue (TACD), um grupo de defesa do consumidor, demonstrou que 52 por cento dos entrevistados estão comprando menos, ou nada, na Internet devido ao medo de receberem spam depois disso. “É bastante claro que a maioria dos cidadãos está muito incomodada com os e-mails comerciais não solicitados”, afirma a pesquisa, divulgada em uma reunião sobre o spam promovida pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“Ficou também muito claro que as empresas legítimas estão perdendo dinheiro porque a reputação negativa do spam está deixando os consumidores inseguros quanto a participar de transações de comércio eletrônico”, afirma o estudo.

Os dados da Brightmail, uma empresa de software contra o spam, demonstram que os e-mails não solicitados respondem por metade do volume de correio eletrônico enviado no mundo. Filtrar e limpar essas mensagens representa custo cada vez maior para as empresas e consumidores. (segue)

Reuters

Please rate this

 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *