Sites já podem regionalizar envio de mensagem publicitária

05/07/2006

A otimização de campanhas publicitárias na internet é um dos maiores desafios hoje do mundo virtual. Para atender essa demanda, a Predicta, especializada em serviços de inteligência em marketing online, lança novo módulo da ferramenta de adserving Predicta Maestro, que permite ao site segmentar a mensagem publicitária de acordo com a cidade e/ou Estado de acesso do usuário. Tão logo o internauta entra no site, o sistema denominado Predicta Maestro identifica a origem da conexão e encaminha a mensagem mais adequada àquela praça, sempre de acordo com os interesses do cliente.

“A publicidade, dessa forma, será focada regionalmente. O usuário não precisa se cadastrar para que ocorra esse direcionamento da mensagem, basta seu acesso à página”, afirma André Barros, gerente de tecnologia da Predicta. Ele destaca que um dos maiores beneficiados desse serviço são os sites com grande número de pageviews e baixo percentual de pessoas cadastradas, já que logo no primeiro acesso é possível definir qual mensagem será exibida para o usuário daquela localidade.

O primeiro site a utilizar o módulo de geoIP do Predicta Maestro é o WebMotors, líder no segmento de automóveis na internet. Segundo André Santos, gerente de tecnologia do site, o impacto foi imediato. “Temos clientes anunciantes em todo o Brasil com enorme demanda por segmentação e regionalização. Já conseguimos, por meio do Predicta Maestro, segmentar as mídias de acordo com o que o usuário busca no site. Com a possibilidade de entregar mídia em todo o site regionalmente, esperamos não só ser os mais eficientes na entrega aos clientes como também aumentar significativamente a receita desse produto”, diz.  

Na opinião de Claudia Woods, diretora da área de inteligência da Predicta, 2006 pode ser considerado o ano do behavior targeting. “O segredo da otimização das campanhas é enviar a mensagem certa, na hora certa, para o usuário certo”, destaca.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.