Sites de busca: melhor hora e local para anunciar

20/10/2007


Em um artigo assinado pelo Andre Metzen no portal iMasters o autor faz referência à importância dos links patrocinados em sites de busca como alternativa publicitária. O principal fato destacado é que a maioria das pessoas recorre à internet para buscar assuntos do seu interesse, informações específicas, produtos ou serviços que desejam. Afinal, não é uma prática comum uma pessoa navegar a toa em portais esperando que um anúncio apareça divulgando algo que seja do seu interesse. Aliás, essa é a principal razão, no meu entender, para a decadência do banner.
 
Continuando, o autor destaca os links patrocinados como a melhor forma de anunciar na internet, afinal é nos sites de busca que os internautas procuram por produtos, serviços ou informações. Isso explica a eficácia dos links patrocinados. “Simples e eficiente!”, comenta o Andre. O que eu concordo plenamente.
 
Todo mundo já sabe como funcionam os links patrocinados: é um sistema de leilão de palavras-chave, onde empresas concorrentes oferecem o maior valor possível para veicular seus anúncios na frente dos concorrentes, e o melhor é que o pagamento é por cliques. Quem pagar mais aparece na frente e conquista mais visitas, portanto depende da sua capacidade de investimento ou do orçamento da campanha. Quanto mais importante for a palavra-chave, maior será o valor do clique. E se a sua empresa possuir muitos concorrentes, maior a oferta e, consequentemente o valor do clique. Pior ainda, se o valor for inferior que uma quantia mínima o seu anúncio nem aparece, afinal os sistemas de busca exibem um número limitado de anunciantes, exatamente os que oferecem mais.
 
Mas e como fica para a pequena empresa? Se para conquistar clientes com interesse em seus produtos, o pequeno lojista tiver que concorrer com Submarino, Polishop, Buscapé, Shopping Uol, Ig e Americanas, como fazer para seus anúncios aparecerem na frente? Como concorrer com o orçamento publicitário dessas grandes empresas?
 
Já fui em dois eventos aqui em Porto Alegre, um no ano passado e outro em setembro último, onde participaram representantes do Terra, UOL, Buscapé e outros gigantes da internet brasileira. Nas duas oportunidades, as pessoas que representavam o Google fizeram explanações excelentes promovendo a publicidade online e, é claro, o Adwords, sistema de links patrocinados do Google. Nas duas oportunidades foi ressaltado que a principal vantagem desse formato de anúncio é que qualquer site ou empresa pode cadastrar e gerenciar seus anúncios e suas campanhas. O que é verdade mesmo, porém em parte. É verdade que qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento em internet pode veicular seus anúncios, mas isso não quer dizer que os mesmos vão aparecer nas páginas de resposta a consultas realizadas nos sites de busca.
 
Como disse antes, depende se o seu concorrente vai deixar.
 
Mas por que os empresários se estimulam tanto com isso e acabam investindo verbas exuberantes (o Google agradece) e não se dão conta que existem outras formas de aparecer nos sites de busca com investimentos muito inferiores? Porque é garantido? Porque é barato? Também. Mas além disso, existe uma “campanha” tão grande para convencer o mercado que os anunciantes muitas vezes acabam direcionando verbas maiores do que deveriam. E em muitas vezes os resultados são pífios, ou porque a verba era muito pequena ou porque os anúncios não foram planejados adequadamente. É super importante escolher as palavras-chave corretas, textos chamativos, etc.
 
O que me refiro é que o trabalho de otimização para sites de busca ou “ search engine marketing“ quase não tem destaque no meio publicitário e mesmo nos sites de notícias. Aquelas pequenas ou grnades empresas que já descobriram isso estão satisfeitos, eu garanto. Temos um cliente para o qual fizemos um trabalho de otimização há uns 4 anos. É uma agência de turismo que oferece passeios e hospedagem em uma determinada região do Brasil. Desde lá, o site aparece nas primeiras posições de todos sites de busca para diversas palavras-chave relacionadas ao seu negócio. É difícil você pesquisar uma palavra que o site desse cliente não apareça na primeira ou no máximo na segunda página. 
 
Outro dia, uma pessoa me ligou querendo saber sobre marketing em sites de busca. Para minha surpresa, informou que, um dia desses, para testar os links patrocinados como alternativa publicitária “gastou” quase R$ 2.000,00 em poucas horas porque queria que seu anúncio aparecesse sempre na frente. Sim: gastou. Porque o resultado foi nenhum negócio gerado a partir daqueles anúncios. E o pior, era um pequeno empreendedor com um produto sem grande apelo. Não era nem sequer uma empresa com uma grande verba de marketing.
 
Por outro lado temos outros clientes que investiram em um trabalho correto de otimização e hoje dão risadas. Por exemlpo, uma pequena indústria de móveis de SC tem lá seu site aparecendo sempre na frente nos principais buscadores nacionais. O mesmo ocorre com duas consultorias em comércio exterior aqui de Porto Alegre para as quais criamos e otimziamos os sites. Mas alguns dos melhores exemplos de sucesso que temos são uma indústria de extração e beneficimanento de óleos vegetais para fabricação de produtos de beleza, e um grupo de São Paulo que tem 4 lojas virtuais de eletrônicos. A empresa situada em Rondônia, que queria exportar seus óleos e nos contratou para criação do seu site, recebveu há pouco um contato da L’Oréal, de Paris, a qual descobriu nosso cliente nos sites de busca. Quanto às lojas virtuais de eletrônicos, para diversas palavras-chave pesquisadas no Google, de 10 resultados na primeira página, 8 chegam a ser do mesmo cliente, para o qual otimizamos suas 4 lojas ja há uns 3 anos. Assim como esses temos vários outros exemplos de clientes super satisfeitos porque fizeram um investimento uma vez só e colhem benefícios, conquistam clientes e fazem vendas há anos por causa disso.
 
Não estou desestimulando a utilização dos links patrocinados. Pelo contrário. É uma das ações que incluímos nas campanhas que fazemos. Principalmente porque os anúncios podem ser veiculados também em uma grande rede de sites e portais de conteúdo. Porém o que quero destacar é a importância e o custo-benefício de ter um site devidamente otimizado para aparecer na frente dos resultados normais dos sites de busca. Por isso, eu concordo com o Andre: não há melhor hora e local para anunciar que nos sites de busca. Principalmente porque os seus anúncios vão aparecer por muito tempo sem precisar pagar por isso.
 
É de dar risada!!!
 
O que? O seu site não aparece nas buscas?
É por isso que você está tão sério?



Ricardo Prates Morais é editor da emarket News e consultor da emarket (www.emarket.ppg.br), agência de marketing e publicidade online.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.