Sistema de segurança é capaz de analisar o comportamento humano

22/09/2006

As pessoas que circulam por aeroportos, shopping centers, condomínios fechados e até mesmo vias públicas já poderão ser monitoradas por um sistema de vídeo digital, capaz de identificar uma atitude suspeita, como uma maleta deixada em local indevido, ou alguém que entra com uma mala e deixa o local de mãos vazias ou até mesmo uma bagagem extraviada.

A tecnologia que permite esse controle acaba de chegar ao Brasil pela Fort Knox, especializada em soluções integradas na área de segurança. O sistema, voltado para projetos de grande porte, analisa o comportamento humano por meio da comparação de imagens e de parâmetros comportamentais preestabelecidos, de acordo com as características do local.

“A grande vantagem é que a identificação de ações suspeitas é feita pelo sistema, eliminando o risco de erro humano”, explica Edgard Leite, superintendente da Fort Knox. “Em um plano de segurança eficiente, não é mais possível deixar na mão do homem o monitoramento das imagens que vêm de 16 câmeras ao mesmo tempo, por exemplo.”

O sistema, segundo ele, permite a instalação de até 32 câmeras. “O grande diferencial é a utilização de câmeras IP, conectadas a um sistema de gerenciamento de vídeo digital [DVMS, na sigla em inglês], que permite a transmissão de dados via web, o que reduz em muito os custos operacionais e de infra-estrutura, como instalação de cabos coaxiais ou de fibra ótica”, explica Leite. Segundo ele, para que o sistema funcione de forma eficiente, é imprescindível, no entanto, que a conexão de internet seja de alta velocidade (aproximadamente 1 Mbps).

Um exemplo de aplicação citado por Leite é a possibilidade de monitorar um aeroporto na Bahia, mesmo que a central de monitoramento da empresa esteja em São Paulo. Dentro de um aeroporto, por exemplo, o sistema pode analisar imagens e identificar um objeto deixado em local inapropriado. Ou então, pode descobrir em que área do aeroporto está a pessoa que carregava o objeto. Outra utilidade para os aeroportos é o controle de bagagens que circulam pelas esteiras, bastante visadas por quadrilhas – a tecnologia permite, por meio do código de barras de cada bagagem, identificar o ponto exato onde ocorreu o furto.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.