Setor de serviços possui 39% do e-commerce do País

12/05/2008

As empresas do setor de serviços são as que tiveram participação mais ativa no comércio eletrônico, no ano passado, de acordo com 10ª Pesquisa de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro, da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com 39% de participação, o setor está à frente do comércio tradicional, com 33% e indústria, 28%.

Apesar da forte participação no comércio virtual, os maiores investimentos em TI, em relação à receita líquida, também em 2007, foram do setor de indústria, com 3,51%. O setor de comércio investiu 3,22% e serviços 8,89%. Segundo dados da pesquisa, esta situação é explicada pela participação de bancos na indústria.

Das 419 empresas que participaram do estudo, as consideradas de grande porte apresentaram 41% do total da participação das companhias do País no comércio eletrônico, as de médio porte totalizaram 35% e de pequeno, 24%.

A FGV afirma que, no ano passado, o comércio eletrônico no mercado brasileiro demonstrou avanço em sua consolidação, principalmente em relação a sua aplicação no relacionamento com clientes e fornecedores, e seu crescimento se ajustou às expectativas para 2007.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.