Segurança ainda inibe vendas pela Web


22/10/2003

São poucas as pessoas que compram pela Internet com total confiança. A falta de informação e de uma política clara de proteção de dados, além dos riscos financeiros, operacionais e de segurança, são algumas das razões alegadas pelos usuários para explicar sua desconfiança na hora de comprar pela rede, segundo um estudo da Consumers International.

A Business Software Alliance estima que, em dez anos, o fator segurança deixará de ser uma preocupação do comércio eletrônico. Entretanto, a confiança é fator chave para o êxito do comércio eletrônico.

Se empresas com anos de existência podem gerar confiabilidade graças a sua história, reputação, padrões de comportamento e cultura, as que operam só na Web devem buscar fórmulas para ganhar a lealdade do consumidor.

Frente à falta de uma alternativa legal realista, surgiram serviços encarregados de certificar a credibilidade de um site e promover a confiança entre consumidor e vendedor. Instituições como TRUSTe, BBBOnLine, Entrust Technologies, CPA Web Trust, Webtrust e Verisign são uma categoria de intermediários na rede. Tratam-se de mecanismos de autorregulamentação que se baseiam numa estrutura de autoridades certificadoras, que autenticam a identidade dos participantes.

A TRUSTe certifica a segurança das transações e atesta a proteção que a empresa oferece aos dados pessoais de seus clientes. Já a BBBOnLine fornece aos consumidores informações sobre as empresas para ajudá-los a tomar decisões na hora da compra. A Verisign oferece autenticação, validação e pagamento em nível internacional.

Para transações mais caras, existe a possibilidade de usar os serviços de uma entidade que garanta o pagamento até que o comprador receba e aceite o produto. Na Espanha algumas entidades oferecem esse serviço, como a Fábrica Nacional da Moeda e Selo.

A FNMT, que emite certificados, colocou em marcha um projeto batizado de Certificação Espanhola, que estabelece uma autoridade pública de certificação que autentique e garanta a confidencialidade das comunicações on-line entre cidadãos, empresas e outras instituições e administrações públicas.

InvestNews – Gazeta Mercantil

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.