Robôs ficam mais humanos


20/02/2003

Ninguém consegue evitar um sorriso quando o robô de feições amigáveis lança um olhar carinhoso – mesmo sabendo que ele é apenas o resultado de 24 ativadores mecânicos que pulam em um rosto de borracha no momento exato. Este é o truque que os especialistas em robótica tentam aperfeiçoar enquanto desenvolvem inovações técnicas que poderão criar novos estímulos faciais.

Os novos robôs sociáveis poderão servir, no futuro, para experiências na área da compreensão da psique humanas. Atualmente o K-Bot, desenvolvido por David Hanson, um artista graduado pela Universidade de Dallas, no Texas, é o exemplo mais perfeito de um robô quase humano.

A face do robô é feita em madeira, com vários fios elétricos multicoloridos que recebem impulsos elétricos de um laptop, coberta com material parecido com a borracha. O K-bot, cujo nome e a aparência feminina foram inspiradas em uma assistente do laboratório de Hanson, pode ser programado para seguir seres humanos com seus olhos equipados com câmeras e imitar suas expressões faciais.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.