Redução no IPI não aquece venda de carros na web e varejo online cai


28/10/2003

A redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) dos automóveis não surtiu na web o mesmo efeito que nas concessionárias, cujas vendas foram aquecidas nos últimos meses. Na internet, ao contrário, o comércio de carros caiu e levou com ele o volume do varejo online, que em agosto movimentou R$ 366 milhões, valor que é 21% menor que o registrado em igual período do ano passado e que representa 2,4% do comércio total do país.

Os dados são da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), apurados em parceria com a consultoria E-Consulting. O VOL, índice de varejo online, representa a soma dos volumes de transações de automóveis, turismo e bens de consumo, tanto em lojas virtuais como em leilões para pessoa física.

Em comparação com julho, a queda do VOL foi de 2,7%. Já sem as montadoras e revendedoras de veículos, que juntas foram responsáveis por 50,4% do total do índice, o volume movimentado em agosto – referente a bens de consumo (36,9%) e turismo (12,2%) – registrou crescimento em relação ao mês anterior: chegou a R$ 181,5 milhões e superou em 5,5% os R$ 172,1 milhões alcançados em julho.

“O setor automotivo não tem apresentado bons resultados, as vendas online nos últimos 12 meses recuaram 109,3%, passando de R$ 375,4 milhões, em agosto de 2002, para R$ 184,6 milhões em agosto deste ano”, diz Daniel Domeneghetti, diretor de estratégia da E-Consulting e vice-presidente de conhecimento e métricas da Camara-e.net.

“Com uma queda de 9,6%, as vendas online de automóveis em agosto não refletiram as iniciativas governamentais para o reaquecimento do setor”, afirma Cid Torquato, diretor executivo da Camara-e.net. “Esperamos que, em setembro, o comércio virtual de veículos reverta a tendência de queda como ocorreu com as vendas totais do setor.”

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.