Redes sociais: número de usuários deixa de ser importante e foco fica na conexão, diz Salesforce

19/04/2012

 “A população de internet que utiliza as redes sociais no Brasil é gigantesca e é lá que eles acompanham suas marcas favoritas.”

O interesse das empresas pelas redes sociais deve ir além do número de usuários e se focar na conexão entre eles. A afirmação foi de Peter Coffe, vice-presidente e responsável por Pesquisa de Plataforma na Salesforce.com durante evento para as empresas do País realizado nesta quinta-feira (19/04), em São Paulo, capital.

“O mapa do seu mercado, quando as marcas brasileiras passam a ser internacionais, é desenhado no mapa de conexão do Facebook. Todas podem ser globais”, explicou, citando a grande penetração do site de Mark Zuckerberg entre os brasileiros e a população mundial.

Atualmente, o possível cliente não realiza mais o prospecto com o marketing da companhia e sim com seus contatos em redes sociais. “Você não controla mais essa conversa”, afirmou, categoricamente, Coffe. “Está tudo na rede social, mas se você não está lá, a sua empresa não tem sucesso. Se os consumidores falam com consumidores, você também tem que falar.”

Segundo a SocialBakers, no Brasil – atualmente, número de usuários do Facebook beira os 45 milhões, com penetração de pouco mais de 22% na população – o que deixa o País em terceiro lugar no ranking mundial de nações da rede social. Globalmente, a expectativa é que o site atinja um bilhão de usuários em agosto deste ano, de acordo com previsões da empresa de marketing iCrossing.

Esse modelo se tornou uma nova forma de atender aos clientes e, por isso, as companhias brasileiras devem estar integradas ao conceito. A afirmação foi de Enrique Perezyera, presidente para América Latina na Salesforce.com.

Segundo o executivo, ao contrario da impressão que fica para as empresas tupiniquins de que ese é um fenômeno restrito a países como Inglaterra, Estados Unidos, Canadá e Alemanha, a necessidade de extende para consumidores no País.”Todos estão mudando para ser social”, explicou. “A população de internet que utiliza as redes sociais no Brasil é gigantesca e é lá que eles acompanham suas marcas favoritas.”

Uma pesquisa recente realizada pela comScore e divulgada em janeiro mostrou que 97% dos usuários de internet no Brasil também utilizam redes sociais. O País fica atrás apenas dos Estados Unidos, Espanha e Reino Unido, que têm 98% de penetração de mídias colaborativas em sua população online. O índice registrado pelos brasileiros está bem acima da média mundial que é de 85%.

“As redes sociais são uma forma para atender o cliente. Quando ele fala mal da sua marca, ele pode se tornar um caso de atendimento”, alertou Perezyera.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.