Redes sociais atraem internautas mais velhos e superam e-mail

01/04/2009

De acordo com um estudo realizado pela Nielsen Online, os sites de relacionamento social e os blogues, são responsáveis por quase 10 % do tempo passado na internet. Estes sites ficaram em quarto lugar depois dos sites de busca, os de interesse geral e os de softwares.

No ano de 2008 o tempo passado nestes sites subiu 63 %. Um em cada onze minutos online são passados em sites de relacionamento, disse a agência Reuters com base neste mesmo estudo.

Este aumento foi ainda mais marcante no caso do site mais popular de relacionamentos, o Facebook, onde se verificou um aumento de 566 % contra 3,1 % do ano anterior.

No ano passado o alcance destas redes cresceu mais de 5 %. Os utilizadores mais frequentes deste tipo de sites, de acordo com o mesmo estudo, são brasileiros, num total de 80 %.

O Facebook é a rede de relacionamento mais visitada na Austrália, Espanha, Suíça, França, Reino Unido e Itália.

Muitos destes sites foram originalmente criados para um público mais jovem, mas actualmente esta tendência não se verifica. Novos dados revelados sugerem uma alteração da tendência do tipo de internautas adeptos deste tipo de sites na Internet. Os mais recentes frequentadores do Facebook, com idades compreendidas entre os 50 e os 64 anos, chega a ultrapassar o dobro do número de utilizadores com menos de 18 anos. A soma de utilizadores das faixas etárias entre os 26 e os 44 anos já passa dos 24 milhões.

Se a tendência actual se mantiver, em Junho de 2009, o Facebook terá no Reino Unido tantos frequentadores de 35 e 49 anos quanto os de 18.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.