Rede vive nova \”revolução\” com micro mais barato e telecentros


26/05/2005

A internet comercial brasileira, que completa dez anos de existência neste mês, pode sofrer mudanças impactantes com a popularização do acesso. Entre os “facilitadores” para essa transformação estão o programa governamental PC Conectado (micro e acesso mais baratos) e também os telecentros (uso gratuito da rede e cursos).

O impacto aconteceria porque o perfil dos internautas locais é composto, principalmente, pelas classes A e B –público que utiliza internet banking, compra em lojas virtuais e tem acesso à banda larga. Atualmente, cerca de 17,5% dos brasileiros têm acesso à web.

“Se essas iniciativas de popularização tiverem sucesso, a internet brasileira vai mudar de cara”, afirma Alexandre Sanches Magalhães, analista de internet do Ibope/NetRatings.

Segundo o especialista, a transformação está ligada às prioridades oferecidas pela internet. Assim, o acesso aos serviços bancários –algo bastante popular entre o atual público– terá de dividir espaço com iniciativas educacionais, por exemplo.

Outra possibilidade é a intensificação do uso da internet como ferramenta para que as pessoas melhorem de vida. Dessa forma, usuários de classes hoje excluídas digitalmente poderão trocar experiências, adquirir informações específicas sobre suas atividades profissionais e também anunciar produtos e serviços no universo virtual.

Os anúncios, que com a adesão à banda larga tornaram-se mais animados e interativos, podem ser simplificados nos sites voltados para os novos internautas –a princípio, os usuários do PC Conectado terão conexão discada.

“As possibilidades são muitas, mas ainda é impossível precisar o que vai acontecer”, diz Magalhães.

JULIANA CARPANEZ – da Folha Online

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.