Receitas com anúncios online crescem pelo terceiro ano consecutivo


25/04/2006

As receitas com anúncios on-line registraram crescimento de 30% em 2005, atingindo um novo recorde, US$ 12,5 bilhões (contra US$ 9,63 bilhões em 2004). Foi o terceiro ano consecutivo de crescimento. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo IAB (Interactive Advertising Bureau).

A principal fonte das receitas foram os anúncios direcionados, exibidos em sites de busca de acordo com as palavras-chave utilizadas nas pesquisas feitas pelos usuários, segundo o IAB, com a geração de US$ 5,1 bilhões, ou 41% do resultado do ano passado.

Em 2004, esse tipo específico de anúncio havia representado cerca de 39% das receitas.

No quarto trimestre do ano passado, o total obtido foi de US$ 3,6 bilhões, novo recorde. O aumento em relação ao obtido no terceiro trimestre do ano passado (US$ 3,1 bilhões, recorde anterior) foi de 15% e, na comparação com o quarto trimestre de 2004, de 34%.

“Os anúncios interativos continuam a passar por um tremendo crescimento, à medida em que os anunciantes experimentam a efetividade na construção de marcas e no aumento das vendas” disse, em um comunicado, o executivo-chefe do IAB, Greg Stuart.

Stuart disse que espera que o crescimento continue à medida em que os anunciantes encontram formas de explorar as novas oportunidades da internet, como transmissões de vídeo através de banda larga, TV pela rede e jogos on-line.

Apesar dos resultados recorde, os anúncios na internet representam apenas 5% de todas as receitas com publicidade nos EUA, ligeiramente acima dos 4% registrados em 2004, segundo a IAB. O estudo foi realizado pela PricewaterhouseCoopers.

No início do mês, no entanto, o Merrill Lynch informou que os gastos com anúncios na internet deverá crescer 27% neste ano.

Buscas

Os anúncios em sites de busca, exibidos de acordo com as pesquisas feitas, têm sido uma das categorias que mais cresceram na publicidade on-line nos últimos anos, segundo o IAB. Essa modalidade de publicidade responde por quase todas as receitas da empresa de buscas na rede Google.

Banners nas páginas da internet e outras modalidades de anúncios ocupam o segundo lugar, respondendo por 21% do resultado de 2005. Os classificados on-line vêm logo a seguir, com 17% de participação.

Anúncios ligados a artigos de consumo, como brinquedos, redes de varejo, agências de viagem e automóveis geraram quase metade das receitas do ano passado. Anúncios de empresas financeiras e de informática responderam por 12% cada e empresas de telecomunicações, por 7%.

Com agências internacionais

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.